-
Esta página já teve 133.052.596 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.667 acessos diários
home | entre em contato
 

Teen/Hebeatria/Adolescência/Jovem

Desmotivação de adolescentes está no cérebro

01/03/2004


A falta de entusiasmo de muitos adolescentes pode ser mais que simples preguiça. Um estudo feito nos EUA mostrou que os cérebros dos jovens apresentam menor atividade nas áreas relacionadas com a motivação. Isso também explica porque os adolescentes costumam correr mais riscos. A pesquisa foi apresentada no 'Journal of Neuroscience' neste mês.

Foram analisados os cérebros de 24 pessoas - 12 adolescentes e 12 adultos - enquanto elas participavam de um jogo de apostas desenvolvido especialmente para o estudo. O jogo fornecia diferentes incentivos financeiros para atingir um certo alvo. Quando questionados, tanto os jovens quanto os adultos classificaram igualmente as recompensas e acertavam os alvos em freqüências iguais. No entanto, as imagens de seus cérebros mostraram reações diferentes. A região relacionada com a motivação, o estriato ventral direito, dos adolescentes apresentou uma atividade bem menor do que a encontrada nos adultos.

Segundo os pesquisadores, o fato de essa importante área cerebral estar ainda em desenvolvimento faz com que os adolescentes precisem de estímulos mais radicais para conseguirem níveis normais de estímulo nessa região. Quando a recompensa não é instantanea, a diferença entre os cérebros de adolescentes e adultos é ainda maior. Isso pode explicar as maiores dificuldades dos jovens de alcançarem objetivos a longo prazo.


Revista Galileu


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos