AIDS / HIV -
Esta página já teve 132.538.897 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.700 acessos diários
home | entre em contato
 

AIDS / HIV

Utilidade da Indução do Escarro para o Diagnóstico de Pneumonia por Pneumocistis em Pacientes Imunocomprometidos

12/03/2004

Utilidade da Indução do Escarro para o Diagnóstico de Pneumonia por Pneumocistis em Pacientes Imunocomprometidos sem o Vírus da Imunodeficiência Humana


São Paulo, 29 de Janeiro de 2004.

A indução do escarro para o diagnóstico de pneumonia por Pneumocystis (PPC) é amplamente utilizada nos pacientes com síndrome da imunodeficiência adquirida (SIDA), porém sua utilização em pacientes com outras formas de imunocomprometimento é pouco definida.

Pacientes imunocomprometidos com PPC que não apresentam a infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) têm uma menor carga de organismos e a indução do escarro pode conseqüentemente ter menor valor diagnóstico nestes pacientes.

No entanto, num artigo publicado recentemente no Clinical Infectious Diseases, os autores realizaram uma revisão retrospectiva da experiência num centro terciário de referência que sugeriu que a indução do escarro apresenta utilidade clínica para o diagnóstico de PPC em pacientes imunocomprometidos sem infecção pelo HIV.

The Utility of Sputum Induction for Diagnosis of Pneumocystis Pneumonia in Immunocompromised Patients without Human Immunodeficiency Virus - Clinical Infectious Diseases

The Utility of Sputum Induction for Diagnosis of Pneumocystis Pneumonia in Immunocompromised Patients without Human Immunodeficiency Virus

Regina C. LaRocque,1 Joel T. Katz,1 Priscilla Perruzzi,2 and Lindsey R. Baden1

1Division of Infectious Diseases and 2Pulmonary Division, Brigham Women's Hospital/Dana-Farber Cancer Institute, Harvard Medical School, Boston, Massachusetts

Sputum induction for the diagnosis of Pneumocystis pneumonia (PCP) is widely used for patients with acquired immunodeficiency syndrome (AIDS), but its utility for patients with other forms of immunocompromise is less well defined. Immunocompromised patients with PCP who do not have human immunodeficiency virus (HIV) infection have a lower burden of organisms, and sputum induction may consequently have lower diagnostic yield in these patients. However, this retrospective review of the experience at a tertiary referral center suggests that sputum induction has clinical utility for diagnosing PCP in immunocompromised patients without HIV infection.


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos