-
Esta página já teve 133.088.978 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Primeiros socorros/Emergência

Agressões causadas por animais

24/03/2004
 



      O principal animal envolvido é o CÃO.
     
No Estado de São Paulo, a população canina estimada é de cerca de 5 a 6 milhões de cães (1998).
     
Anualmente são atendidas cerca de 130 mil pessoas envolvidas em acidentes com animais. São encaminhadas para tratamento anti-rábico 70 mil pessoas.
     
Os cães respondem por 83 a 85% dos acidentes.

Convívio
homem X animal
aspectos

positivos

desfavoráveis
companhia
doenças, zoonoses
lazer, cinofilia
agressões
guarda, segurança
danos físicos, materiais e psicológicos
   
 
Agressividade  
canina
  
vantagens para a espécie canina:
- hierarquia de dominância
- recursos
- reprodução
- defesa
- paz
vantagens para o homem:
- alerta
- defesa
- proteção
- segurança


Causas de agressividade canina:

Dominância - Aspectos inerentes ao animal para o estabelecimento de uma hierarquia social, seja com pessoas ou com outros animais.

Dor - Estímulos dolorosos (puxões em orelhas, rabo, "bigodes", traumas e outros processos patológicos).

Treinamento - Condicionamento desenvolvido pelo dono para fins de segurança, rinhas, defesa de pessoas ou de propriedades.

Predação - Instinto natural de caça. O animal ataca tudo o que se mova: bicicletas, crianças, espotistas, animais etc.

Cuidados com a prole - Instinto natural de fêmeas com suas crias.

Brincadeiras - Observadas com freqüência em filhotes que mordiscam a pele de seus donos, procurando intimidar e sugerindo futuros comportamentos de dominância.

Posse de objetos - O animal procura defender o que houver em seu território por considerar serem "seus bens", sejam pessoas, animais ou objetos.

Medo - Processo de defesa em condições que evidenciem agressões ou impossibilidade de fuga. As agressões por medo têm a tendência a se generalizar, como por exemplo ao sofrer um agravo por uma pessoa com determinada característica, passa a agredir todas as outras com características semelhantes.

Grupo de risco em agressões por animais:
- CRIANÇAS
- GRUPOS PROFISSIONAIS (leituristas de consumo elétrico, gás, água, carteiros, coletors de lixo, tratadores de animais, etc.)




Fonte:
Centro de Controle de Zoonoses - CCZ - SMS - PMSP
Centro para Organização da Atenção à Saúde - COAS - SMS - PMSP
Instituto Pasteur - SES SP
Fuchs, H., 1998

www.pasteur.saude.sp.gov.br/


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos