-
Esta página já teve 133.052.769 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.667 acessos diários
home | entre em contato
 

Teen/Hebeatria/Adolescência/Jovem

Não esprema as espinhas

25/05/2004



Não adianta reclamar: todo mundo sabe que tem de aprender a conviver com a acne, especialmente durante a adolescência. Mas, basta aparecer uma espinha, para que a maioria das pessoas seja atacada pela vontade de colocar os dedos em ação e espremê-la sem dó, não é mesmo? Porém, é fundamental controlar esse desejo: espremer, furar ou cutucar cravos e espinhas é muito perigoso, pois é capaz de deixar cicatrizes para o resto da vida, além de agravar o quadro da acne.

Por mais limpas que estejam, nossas mãos têm sempre milhões de bactérias. Portanto, quando levamos as mãos ao rosto, por exemplo, estamos "carregando" um monte de micróbios até nossa pele.

Então, se espremermos os cravos e as espinhas - com nossas mãos cheias de bactérias - estaremos contaminando ainda mais a região afetada pela acne. Além disso, esse mau hábito poderá espalhar a infecção ou levá-la a áreas mais profundas da pele.

Tudo isso agravará a acne já existente e machucará ainda mais a pele - o que aumentará o risco de surgirem marcas e cicatrizes, principalmente no rosto.

A retirada de cravos e espinhas só deve ser realizada por um profissional capacitado, durante uma sessão de limpeza de pele. E é o dermatologista que deve indicar essa limpeza e dar outras orientações no combate à acne.

www.jnjbrasil.com.br


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos