-
Esta página já teve 133.089.125 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Primeiros socorros/Emergência

Intoxicação por brometo de metila

02/06/2004

INFORMAÇÕES MÉDICAS DE URGÊNCIA NAS INTOXICAÇÕES POR PRODUTOS AGROTÓXICOS

BROMETO DE METILA

 

USOS

Inseticidas fumigantes (p/grãos armazenados) e nematicidas

VIAS DE ABSORÇÃO

respiratória e dérmica (em menor intensidade)

ASPECTOS TOXICOLÓGICOS

Edema pulmonar não cardiogênico.

Pneumonite química.

Insuficiência circulatória.

Perturbações neurológicas (psicoses e sintomas extrapiramidais).

SINTOMAS E SINAIS CLÍNICOS

Irritação cutânea com formação de vesículas, queimaduras químicas. Irritação ocular, do trato respiratório e pulmonar. Mal-estar, cefaléia, náuseas, vômitos, perturbações visuais, diplopia, nistagno. Bronco espasmo, edema pulmonar, insuficiência renal, coma. Seqüelas neurológicas (psicoses, sintomas extrapiramidais).

DIAGNÓSTICO LABORATORIAL

Avaliação do comprometimento pulmonar, hepático e renal. Teor de brometos  no soro acima de 1 meq/l indicam exposição.

TRATAMENTOS

Atmosfera de O2 ou de CO2 no comprometimento pulmonar. Respiração artificial se ocorrer parada respiratória. Tratar as convulsões ( diazepínicos, fenitoína ), broncoespasmo e edema pulmonar conforme surgirem. Manter o paciente aquecido em repouso, sob observação no mínimo por 24 horas (para detectar possível edema pulmonar tardio).

www.e.gov.br


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos