Laser - Laser em urologia
Esta página já teve 134.614.913 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.668 acessos diários
home | entre em contato
 

Laser

Laser em urologia

13/06/2004

O conceito de radiação a laser foi primeiramente concebido no “The Quantum Theory of Radiation”, de Einstein, publicado em 1917. Entretanto, em 7 de julho de 1960, Maiman observou pela primeira vez emissão de radiação estimulada com luz visível, utilizando cristal de rubi e a denominou LASER. Iniciou-se então a era do laser. O termo LASER é composto com as letras iniciais das palavras Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation, sendo a radiação a mais importante.

Mecanismos Térmicos de Dano Tecidual
1. Absorção 2. Desnaturação e coagulação 3. Vaporização Lesão Tecidual
Vai depender do tipo de laser utilizado, da potência e do tempo de exposição. Sendo assim, diminuindo a potência e compensando com o aumento do tempo de exposição teremos a mesma quantidade de energia, porém o efeito tecidual é diferente. Por exemplo, usando alta potência e curta duração, obteremos mais vaporização e menos necrose por coagulação, enquanto que, ao usarmos baixa potência com exposição maior teremos menos vaporização e mais coagulação.
O efeito tecidual dependerá da quantidade de energia que é absorvida e conduzida. Cada tipo de laser apresenta uma penetração tecidual própria que depende se é ávido à água, hemoglobina, melanina e etc. (Figuras 1 e 2).

Indicações em Urologia
1. Lesões Causadas pelo HPV
A infecção genital pelo Papilomavírus Humano (HPV) vem apresentando um grande aumento de incidência, uma vez que é uma DST (European Project, 1991, Koutsky, 1989 e Krough, 1990) e está relacionada com lesões preneoplásicas e neoplásicas do colo uterino principalmente (zür Hausen, 1987; Wickenden, 1985). Considerada como uma epidemia (Maymon, 1995), é atualmente a DST mais freqüente (CDC, 1999), tornando-se um problema de saúde pública mundial.

www.sociedadedelaser.com.br


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos