Laser -
Esta página já teve 134.614.801 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.668 acessos diários
home | entre em contato
 

Laser

Tratamento a Laser de Hélio/Neon

14/06/2004

TRATAMENTO A LASER

Marcelo Zeltzer

Laser significa Amplificação de luz por emissão estimulada de radiação. Na fisioterapia os raios laser são produzidos por uma mistura de hélio/neônio (632,8nm). A mistura hélio/neônio produz uma luz vermelha e a mistura infravermelha não produz luz. A fim de descrever um laser, deve-se medir o comprimento de onda em nanômetros; a duração total de pulso, índice de repetição e tempo total de exposição; a intensidade de energia e de potência em joules por centímetro quadrado; e a irradiação em watts por centímetro quadrado.

A monocromaticidade faz com que o raio laser seja absorvido por uma cor única, por exemplo: um raio vermelho (He/Ne) é absorvido por zonas vermelhas do organismo como os vasos capilares. Ele atravessa a estrutura cutânea e subcutânea sem ser absorvido por esta e sem comunicar-lhe sua energia que será comunicada apenas nos vasos capilares.

Por sua vez, a intensidade da reação biológica depende da reabsorção, reflexão e transmissão do comprimento da onda; da densidade de energia; do tempo de exposição; e do fluxo sangüíneo.

Características do laser:

Monocromaticidade - o laser é diferente de outras fontes de luz, porque é monocromático (apenas um comprimento de onda).
Coerência espacial - Ele obedece as leis da física. Substâncias específicas são estimuladas eletricamente para emitir radiações que produzem maiores níveis de energia.
Colimação - o feixe de luz é sempre paralelo (quer seja projetado de poucos centímetros, quer de longa distância), mantendo sempre o mesmo comprimento de onda sendo esta uniforme e concentrado no raio altas densidades de energia.
Brilho - a potência emitida é elevada mais do que qualquer outro raio não laser.

Efeitos do laser:

1. Aumenta a síntese de colágeno - útil para reparo tecidual.
2. Aumenta a permeabilidade das membranas celulares com maior eficiência da bomba de sódio.
3. Aumenta o número de fibroblástos e promove tecido de granulação - útil para cicatrização de corte.
4. Aumenta os níveis de prostaglandinas. Causa um aumento na ATP celular, que é útil para mitigação da dor.
5. Ação anti-inflamatória

Aplicações clínicas:

Aplicações cirúrgicas - Pode ser usado para cortar ou cicatrizar especialmente em casos cirúrgicos onde a perda de sangue seja um risco para o paciente. Como uma faca ele pode cortar e com grande precisão extirpar poucas células. Pode também estancar hemorragia como por exemplo uma hemorragia gastrointestinal.

Oftalmologia - O laser pode passar através do olho e ser focado em um pequeno ponto de tratamento.

A laserterapia atua também - no combate a celulite, na dissolução de gorduras e na recanalização dos vasos linfáticos drenando a linfa.

Na fisioterapia os benefícios do laser diminuem o tempo de tratamento e ajudam:

  • na cicatrização de ferimentos,
  • no fechamento de feridas abertas, úlceras e feridas pós-operatórias,
  • na velocidade de condução do nervo
  • nas artropatias degenerativas e inflamatórias
  • no alívio da dor; tanto em pontos gatilhos quanto em pontos de acupuntura.
  • tem efeitos benéficos em lesões de tecidos moles - tendões, ligamentos e músculos e até em fortalecimento de tendões e ligamentos.

Contra-indicações:

1 - Carcinoma.
2 - Irritação cutânea.
3 - Tratamento do tórax em pacientes cardíacos deve ser evitado, juntamente naqueles que têm marca-passo.
4 - Olhos.

Tratamento com laser em cicatrização de úlceras:
(Caso clínico)

Utilização do laser HeNe em cicatrização de úlceras:

Preparação da úlcera para o tratamento a laser:

1 - Higiene da úlcera - Utiliza-se o soro fisiológico para a limpeza das úlceras, pois ele não destrói o desenvolvimento do tecido de granulação.

2 - Retirada de Necrose ou Fibra - Retirada do tecido necrosado sem danificar o tecidos nobres 24hs após a irradiação do laser, para que os efeitos regenerativos do laser HeNe possam ocorrer.

3 - Para uma maior ação do laser a úlcera deverá estar limpa ou seja sem necrose e/ou fibra, sem resíduo de pomadas e sem tintura que por sua vez mude a tonalidade do tecido, pois isso pode fazer o papel de filtro para alguma frequência de luz útil na terapia.

Tratamento com laser de HeNe

1 - Laser utilizado: O tipo de laser utilizado foi o HeNe, seu comprimento de onda atinge tecidos mais superficiais provocando assim uma resposta mais eficiente.

2 - Dosimetria Energética: A dose energética a ser usada nas úlceras depende do quadro geral do paciente, que fica em torno de 3 a 6 J/cm².

3 - Quadro geral do paciente:

a) Idade: Quanto mais idoso menor será a densidade de energia, que varia de 3 a 6 J/cm².
b) Grau de hidratação: Desidratado menor a densidade de energia, que varia de 3 a 6 J/cm².
c) Grau de nutrição: Quanto mais desnutrido menor será a densidade de energia, que varia de 3 a 6 J/cm².
d) Cor de pele: Quanto mais clara a pele menor a densidade de energia, que varia de 3 a 6 J/cm².

4 - Técnica de aplicação: A técnica usada é a de varredura, pois com esta técnica depositamos mais energia nos bordos onde necessita de mais atividade metabólica, do que no seu interior, onde têm mais facilidade de conseguir maior energia. Devemos varrer a úlcera de um lado para o outro com uma velocidade moderada começando com a parte superior até a parte inferior e em seguida varre de cima para baixo, do lado direito para o lado esquerdo e vice-versa.

5 - Número de sessões: O número de exposição da úlcera ao Laser depende da resposta da úlcera, ou seja, se a úlcera estiver vermelha em seu interior e os bordos entumecidos, esta úlcera já está ativada, então o ideal é fazer aplicações em dias alternados ou mais , desde que a úlcera mantenha esta característica de ativação.

6 - Uso de medicamentos: normalmente esta úlcera é acompanhada pelo clínico e é associado a medicamento a este tratamento com Laser, se associa pomada de iruxol, fibrase, etc. E se ainda existe o uso de medicamentos de uso interno, principalmente nas úlceras Diabéticas, de extase mal perfurante, todos estes medicamentos são perfeitamente compatíveis com o tratamento a laser.

Cuidados a serem tomados

1 - Uso de óculos de proteção: Quando utilizamos o Laser de HeNe em úlceras, devemos proteger os olhos do terapeuta com óculos especiais que deverão ser fornecidos pela empresa que comercializa o equipamento. Estes óculos devem filtrar o máximo das ondas de infravermelho ou seja, os raios refletidos do Laser devem ser barrados em sua totalidade, por óculos especiais. Os olhos do paciente também devem ser protegidos, esta proteção pode ser apenas para que o paciente não olhe para a fonte do Laser.

2 - Não expor o paciente por mais de 25 minutos: A partir deste tempo de exposição o paciente pode apresentar distúrbios, como: sonolência, vertigem, palidez e náuseas.

3 - Pacientes idosos expostos ao Laser: Os pacientes idosos quando submetidos ao Laser por mais de 20 min. com potência superior a 2,5 mw, devemos antes da aplicação verificar: frequência cardíaca, pressão arterial e temperatura. Se houver alguma alteração, reduzir o tempo de exposição e verificar os sinais novamente e repetir esta conduta até que todos estes sinais desapareçam para maior segurança do paciente.

Conclusão:

A utilização do Laser HeNe nos quadros de cicatrização, principalmente nas úlceras rebeldes, vem demonstrando ser muito superior aos métodos convencionais hoje utilizados.
Foi comparado o tratamento com Laser HeNe aos métodos enumerados, como:

a) Gelo mais secador com ar quente (contraste)
b) Infravermelho mais Ultra-Violeta associados (proteção do tecido exposto ou interno com gaze umedecido com soro fisiológico)
c) Açúcar (sacarose) Obs. - reações nocivas
d) Complexo vitamínico e glicose.

A resposta do Laser foi superior a todos os métodos usados, em media de 1:4; respeitando os tipos de ulceras e o tempo de instalação.

Bibliografia:

Fisioterapia de Tidy
Autor: Thompson

Revista de Fisioterapia em Movimento
PUC-SP

Tratado Reabilitação Física
Lianza

Marcelo Zeltzer
Fisioterapeuta - Petrópolis/RJ


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos