-
Esta página já teve 132.460.860 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.704 acessos diários
home | entre em contato
 

Notícias da Dra. Shirley

Três lotes de amendoim com aflatoxina acima do permitido são interditados

15/07/2004



A Anvisa determinou a interdição cautelar de lotes específicos de três marcas de amendoim por apresentarem aflatoxina acima do limite máximo permitido, que é de 30 mg da micotoxina por quilo do produto. A medida foi regulada pela Resolução RE nº 166, de 09 de julho de 2004.

A Aflatoxina é produzida por dois tipos de fungos e está relacionada a doenças como Câncer e Hepatite B. A contaminação do amendoim pelo fungo ocorre no campo e pode se agravar em condições adversas de armazenamento. Danos causados por insetos ou durante a colheita favorecem a penetração do fungo e a conseqüente produção da toxina.

Devido a importância da adoção de medidas de controle durante a industrialização de amendoim e derivados, a Anvisa publicou, por meio da Resolução RDC nº 172/03, um regulamento técnico de Boas Práticas de Fabricação para estabelecimentos que processam esse tipo de alimento. A norma estabelece as etapas de recepção e seleção do amendoim cru como críticas para o processo produtivo, requerendo um controle sistemático dessas operações.

As vigilâncias sanitárias estaduais e municipais fiscalizarão o cumprimento desse regulamento. As empresas que desrespeitarem a legislação poderão ser punidas de acordo com a Lei nº 6.437/77, que prevê desde notificação até multas que vão de R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão.

Informações sobre os lotes interditados:

- Amendoim cru (500 g), marca Tomil Nippon, lote nº LOT000007
- Doce de amendoim (1500 g), marca Dubelo, lote com vencimento no dia 30 de julho de 2004
- Doce de amendoim (1000 g), marca Many, lote com fabricação no dia 19 de março de 2004
 
Fonte: Idec
Data: 13/07/2004


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos