Imunologia/Imunidade -
Esta página já teve 133.133.270 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.659 acessos diários
home | entre em contato
 

Imunologia/Imunidade

Doença do Soro

24/07/2004

 

 

1. Considerações gerais

A doença do soro é uma reação que ocorre quando um complexo imune é formado pela ligação do antígeno ( p.ex. uma droga, ou soro heterólogo) a um anticorpo. Deposição desses complexos imunes nos tecidos ou endotélio vascular pode produzir uma lesão tissuar pela ativação do complemento, formação de anafilotoxinas, quimiotaxia de polimorfo-nucleares.Os órgãos mais afetados incluem a pele ( urticária, vasculites),articulações (artrites) e rins (glomerulonefrite).

2. Diagnóstico Essencial

  • Reação de instalação insidiosa, em torno de 7-10 dias, entre anticorpos IgG específicos e um antígeno alérgeno.
  • Febre, prurido(coceira)e artropatia ( dor as juntas)são manifestações comuns.
  • Complexos Imunes podem ser encontrados circulando no soro ou depositados nos tecidos afetados.

3. Achados Laboratoriais

O anticorpo IgG pode estar presente em quantidade suficiente no soro e ser detectado pelo método de precipitação em gel. Detecção desses anticorpos precipitados pela difusão do gel pode ser útil no diagnóstico da aspergilose broncopulmonar alérgica ou pneumonite hiper-sensível.

ELISA irá detectar anticorpos presentes em quatidades menores.

Complexos imunes antígeno-anticorpo não específicos circulantes pode ser detectadas em uma variedade de neoplasias malignas e doenças auto-imunes, hipersensibilidade e doenças infecciosas. Técnicas imunohistoquímicas podem identificar complexos imunes ou fragmentos de complemento depositados em tecidos biopsiados. Diminuição dos níveis séricos de C3,C4, CH50 podem ser vistos como uma evidência não específica de doença do complexo-imune, com consumo destes fatores solúveis.

O VHS ( hemossedimentação) está elevado (crescente), transminases hepáticas também , níveis do complemento baixo.

No EAS podem aparecer evidências de glomerulonefrite.

4. Tratamento

Esta doença é auto-limitada, sendo assim, o tratamento é conservador, expectante. Aspirina poderá aliviar a dor nas articulações. Anti-histamínicos e esteróides tópicos irão controlar a dermatite. Terapia corticosteróide ( sistêmico) é necessário nos casos de reações severas-especialmente na glomerulonefrite, aqueles associados com nefrose, neuropatia e outras manifestações de vasculite.

http://ioh.medstudents.com.br


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos