-
Esta página já teve 133.047.106 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.670 acessos diários
home | entre em contato
 

Primeiros socorros/Emergência

Cuidados básicos com os Fogos de artifício

11/09/2004

 

 

Quando chega a época das festas juninas, réveillon, ou em comemorações de torcidas de futebol,  e outras ocasiões especiais, cresce o perigo de incêndios, queimaduras e diversos ferimentos, até mesmo com risco de morte, provocados por fogos de artifício, balões, e outras ações semelhantes.

Nessas situações, a culpa deve ser atribuída à imprudência, imperícia, ou negligência das pessoas que, conscientes ou não, disponibilizam esses materiais principalmente para crianças.

Na intenção de proporcionar divertimento e alegria, esses dispositivos podem causar verdadeiras tragédias se não forem manuseados com responsabilidade e segurança, por isso, seguem algumas dicas para que os fogos de artifício sejam, exclusivamente, recursos de festa e beleza.

- Mesmo que seu filho insista, não permita que ele pessoalmente manuseie fogos de artifício, que podem causar queimaduras e acidentes muito graves em crianças e adultos.

- O transporte irregular desses artefatos (nos bolsos por exemplo) é uma verdadeira armadilha. Eles podem se inflamar acidentalmente e atingir você.

- Uma simples bombinha, ou biribinha, se estourar muito perto do rosto de alguém ou de outras partes do corpo, pode causar cegueira ou mutilação.

- Mantenha a caixa de fósforos ou isqueiros longe do alcance de crianças para que elas não utilizem esses materiais escondidas de você.

- Soltar balões é crime previsto na Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9065 -  fevereiro de 1998). Fabricar, vender ou transportá-los também, e a pena vai de 1 a 3 anos de detenção e/ou multas cumulativas.

No caso dos balões, essas proibições legais existem porque muitas tragédias já ocorreram em decorrência deles. Eles são verdadeiras ameaças à vida e ao meio ambiente, pois podem cair em florestas, matas, residências ou indústrias, acarretando diversos prejuízos. Além disso, oferecem riscos à aviação, principalmente às pequenas aeronaves.

Por isso tudo, vale lembrar que é sempre melhor prevenir do que remediar. Não subestime as brincadeiras com esses materiais achando que são coisas de criança e não oferecem perigo, mas exercite sua consciência e cidadania, e espalhe essa idéia para todos ao seu redor.



Fonte: (Portal Unimeds com informações da Unimed São Carlos)


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos