Oftalmologia/Olhos - Presbiopia
Esta página já teve 132.434.567 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.708 acessos diários
home | entre em contato
 

Oftalmologia/Olhos

Presbiopia

11/09/2004



 

 

Assim como qualquer mecanismo que trabalha intensamente, os olhos humanos também se desgastam com o tempo e suas estruturas sofrem alterações que impedem seu perfeito funcionamento. No caso da presbiopia, o cristalino é afetado.

O cristalino é como uma lente e, quando em plenas condições, é macio, flexionando-se de maneira suficiente para adequar e reproduzir a imagem dos objetos com nitidez. Mas quando essa elasticidade é reduzida, perde-se o poder de acomodação e o foco passa a ser feito fora da retina, resultando na formação de imagens embaçadas.

A presbiopia é o nome que se dá a esta perda, que é mais comum em pessoas com idade acima dos 40 anos. A dificuldade se manifesta quando o indivíduo percebe que não consegue enxergar corretamente os objetos que estão mais próximos dos olhos, e a reação natural é procurar afastar os mesmos a uma certa distância para poder ver melhor.

Os primeiros sintomas ocorrem geralmente ao ler um jornal ou revista, letras miúdas como bulas de remédios, ou observar detalhes de pequenos objetos. Essas tornam-se atividades complexas para quem desenvolve presbiopia, e o indivíduo sente a necessidade de utilizar lentes corretivas. Além disso, surgem constantemente dores de cabeça, ardência nos olhos ou sensação de pálpebras pesadas.

Nessa fase, conforme cada caso, o oftalmologista prescreverá um óculos só para a leitura ou um óculos com lentes bifocais, que tenham foco para leitura e para a distância. A alternativa ao uso de óculos, para a presbiopia, é o uso de lentes de contato multifocais ou bifocais. Com o passar da idade, aumentam as dificuldades, sendo necessária a mudança de grau com mais freqüência (cada ano e meio, em média).

Ainda não existe nenhuma cirurgia para corrigir a presbiopia (houve técnicas experimentais, mas não deram os resultados esperados). O nome desse mal vem da palavra grega presbus, que significa "homem velho", e um apelido da presbiopia é "vista cansada", afinal, em pessoas jovens, a lente do olho é mais flexível, capaz de mudar rapidamente seu formato para focalizar a imagem.



Fonte: (Portal Unimeds com informações de Bauch & Lomb / Instituto da Visão / Revista Medicina e Cia. Nº 12)


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos