Hipertensão/Pressão Alta - Aumento da Pressão Sanguínea pela Manhã e Doença Cerebrovascular Hipertensiva: Papel do Sistema Nervoso Simpático Alfa Adrenérgico
Esta página já teve 115.795.805 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.702 acessos diários
home | entre em contato
 

Hipertensão/Pressão Alta

Aumento da Pressão Sanguínea pela Manhã e Doença Cerebrovascular Hipertensiva: Papel do Sistema Nervoso Simpático Alfa Adrenérgico

30/09/2004

 

A elevação da pressão sanguínea (PA) pela manhã está associada à atividade α-adrenérgica. Em um artigo publicado recentemente na American Journal of Hypertension, os autores estudaram a associação entre a elevação matutina α-adrenérgica na PA e o desenvolvimento silente da doença cerebrovascular em pacientes idosos com hipertensão.

A monitorização ambulatorial da PA foi realizada três vezes (duas vezes no início e após a administração noturna do bloqueador α1) em 98 idosos hipertensos nos quais a presença de infartos cerebrais silentes (ICS) foi avaliada através de imagem de ressonância magnética cerebral. O aumento matutino da PA (AMPA) foi calculado como PA sistólica média durante duas horas após a caminhada subtraído da média da PA sistólica durante uma hora que incluiu a menor PA  do sono. O AMPA  α-adrenérgico foi calculado como a redução do AMPA pelo bloqueador α1.

A prevalência de ICS múltiplos foi maior no grupo com elevação matutina da PA, denominado grupo Surge (maior quartil: AMPA ≥45 mm Hg, n = 24) do que no grupo não Surge (AMPA <45 mm Hg, n = 74) (54% v 31%, P = .04) e no grupo Surge com maior α-adrenérgico (maior quartil: α-adrenérgico  AMPA ≥28 mm Hg, n = 25) do que no grupo Surge com menor α-adrenérgico (<28 mm Hg, n = 73) (68% v 26%, P < .0001).

No grupo Surge, os indivíduos com maior aumento α-adrenérgico (n = 17) apresentaram uma freqüência significativamente maior de ICS múltiplos, enquanto que nenhum no grupo Surge com menor α-adrenérgico apresentou ICS múltiplos (n = 7) (77% v 0%, P = .001). O AMPA α-adrenérgico esteve estritamente associado a ICS múltiplos (aumento de 10 mm Hg: OR = 1.96, P = .006), independentemente da idade, PA sistólica 24 H e outras variáveis de confusão.

Os autores concluíram que a elevação da PA pela manhã, particularmente aquela independente da atividade α-adrenérgica, está estritamente associada à doença cerebrovascular hipertensiva avançada em pacientes idosos.

Morning blood pressure surge and hypertensive cerebrovascular disease: Role of the alpha adrenergic sympathetic nervous system - American Journal of Hypertension, August 2004, Volume 17, Issue 8 Pages 668-675

Morning blood pressure surge and hypertensive cerebrovascular disease: Role of the alpha adrenergic sympathetic nervous system *

Kazuomi Kario Send E-mail to Author a *, Thomas G. Pickering b, Satoshi Hoshide a, Kazuo Eguchi a, Joji Ishikawa a, Masato Morinari a, Yoko Hoshide a and Kazuyuki Shimada a
Received: 12/23/2003. Revised: 2/21/2004. Accepted: 4/6/2004.

Search for articles: related articles | by these authors

Abstract

Background

The morning surge of blood pressure (BP) is associated with α-adrenergic activity. We studied the association between the α-adrenergic morning surge in BP and silent cerebrovascular disease in elderly patients with hypertension.

Methods

We conducted ambulatory BP monitoring three times (twice at baseline and after nighttime dosing of the α1-blocker doxazosin) in 98 elderly hypertensive patients in whom the presence of silent cerebral infarcts (SCI) was assessed by brain magnetic resonance imaging. The morning BP surge (MBPS) was calculated as the mean systolic BP during the 2 h after waking minus the mean systolic BP during 1 h that included the lowest sleep BP. The α-adrenergic MBPS was calculated as the reduction of MBPS by doxazosin.

Results

The prevalence of multiple SCI was higher in the Surge group (top quartile: MBPS ≥45 mm Hg, n = 24) than in the Nonsurge group (MBPS <45 mm Hg, n = 74) (54% v 31%, P = .04), and in the higher α-adrenergic surge group (top quartile: α-adrenergic MBPS ≥28 mm Hg, n = 25) than in the lower α-adrenergic surge group (<28 mm Hg, n = 73) (68% v 26%, P < .0001). In the Surge group, subjects with higher α-adrenergic surge (n = 17) had a markedly higher frequency of multiple SCI, whereas none in the lower α-adrenergic surge group had multiple SCI (n = 7) (77% v 0%, P = .001). The α-adrenergic MBPS was closely associated with multiple SCI (10 mm Hg increase: OR = 1.96, P = .006), independently of age, MBPS, 24-h systolic BP, and other confounding factors.

Conclusion

The morning BP surge, particularly that dependent on α-adrenergic activity, is closely associated with advanced silent hypertensive cerebrovascular disease in elderly individuals.



IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~