-
Esta página já teve 132.451.307 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.706 acessos diários
home | entre em contato
 

Enxaqueca/Cefaléia/Dor de cabeça

Enxaqueca está Associada com Anormalidades na Substância Branca em Imagem de Ressonância Magnética

31/10/2004




Uma Meta-análise

 

Existe controvérsia se a enxaqueca está associada com anormalidades na substância branca (ASBs) em imagens de ressonância magnética. Estas anormalidades podem ser importantes como fator de risco para um futuro acidente vascular cerebral. Além disso, também há controvérsia se qualquer risco aumentado de ASBs é atribuível à comorbidades, como doença vascular.

 

Pesquisadores canadenses realizaram uma meta-análise, recentemente publicada na revista Archives of Neurology, de estudos caso-controle publicados para avaliar a relação entre enxaqueca e ASBs em imagem de ressonância magnética. Foram identificados sete estudos e seus dados com relação à incidência de ASBs na imagem de ressonância magnética em populações com enxaqueca e controle apropriado foram utilizados para calcular odds ratios para ASBs na enxaqueca para cada estudo. Uma meta-análise estratificada foi realizada utilizando os estudos que excluíram e os que não excluíram os indivíduos com comorbidades.

 

Os odds ratios resumidos mostraram que os indivíduos com enxaqueca apresentaram risco aumentado para ASBs (odds ratio: 3,9; intervalo de confiança de 95%: 2,26-6,72). O risco não diferiu entre os estudos que incluíram indivíduos com comorbidades e aqueles que não incluíram.

 

Os autores concluíram que esta meta-análise demonstra que os indivíduos com enxaqueca apresentam risco maior de ter ASBs em imagens de ressonância magnética que aqueles sem enxaqueca, e que este risco aumentado está presente mesmo em indivíduos jovens que não têm fatores de risco para co-ocorrência de doença cerebrovascular. Afirmaram por fim que são necessários estudos para determinar se o risco aumentado de acidente vascular cerebral na enxaqueca é mediado ou prognosticado pela presença de ASBs.

 Migraine Is Associated With Magnetic Resonance Imaging White Matter Abnormalities: A Meta-analysis - Archives of Neurology; 2004; 61: 1366-1368

Migraine Is Associated With Magnetic Resonance Imaging White Matter Abnormalities

A Meta-analysis

Richard H. Swartz, BSc(Hon), PhD; Ralph Z. Kern, MD, MHSc, FRCPC

Arch Neurol. 2004;61:1366-1368.

Background  There is controversy as to whether migraine is associated with white matter abnormalities (WMAs) on magnetic resonance images. These abnormalities may be important as a risk factor for future stroke. Further, it is controversial whether any increased risk of WMAs is attributable to comorbidities such as vascular disease.

Methods  A meta-analysis of published case-control studies was undertaken to address the relationship between migraine and magnetic resonance imaging WMAs. Seven studies were identified. Data from studies reporting the incidence of magnetic resonance imaging WMAs in those with migraine and appropriate control populations were used to calculate odds ratios for WMAs in migraine for each study. A stratified meta-analysis was performed using studies that did and did not exclude subjects with disease comorbidities.

Results  The summary odds ratio shows that those with migraine are at increased risk for WMAs (odds ratio, 3.9 [95% confidence interval, 2.26-6.72]). The risk does not differ between studies that included subjects with comorbidities and those that did not.

Conclusion  This meta-analysis demonstrates that subjects with migraine are at higher risk of having WMAs on magnetic resonance images than those without migraine. This increased risk is present even in younger individuals who do not have co-occurring cerebrovascular disease risk factors. Prospective studies are needed to determine whether the increased risk of stroke in migraine is mediated or foreshadowed by the presence of WMAs.


Author Affiliations: Mount Sinai Hospital, Division of Neurology, Department of Medicine, University of Toronto, Toronto, Ontario.


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos