-
Esta página já teve 132.572.757 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.697 acessos diários
home | entre em contato
 

Cidadania/Serviços

PROCON e as tarifas bancárias abusivas

19/11/2004
PROCON-SP DIVULGA PESQUISA DE TARIFAS BANCÁRIAS. DIFERENÇAS CHEGAM A 369,57%


A Fundação Procon-SP, Órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, realizou entre os dias 01 e 03 de setembro, pesquisa sobre tarifas bancárias em dez instituições financeiras: HSBC, Banespa, Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Itaú, Santander, Banco Nossa Caixa, Banco Real e Unibanco. Em comparação com a pesquisa anterior, realizada em março deste ano, o Procon-SP constatou um aumento significativo nos preços cobrados pelos produtos e serviços oferecidos pelos bancos.

Entre os 10 bancos escolhidos, 40 produtos e serviços foram analisados.
Destes, 21 tiveram seus preços comparados, constando-se que a maior diferença foi de 369,57%, correspondente à emissão (abertura) e reemissão (perda/roubo/quebra) do cartão magnético da conta corrente especial. Nos bancos que cobram por estes serviços, a maior tarifa encontrada foi de R$ 10,80, no Itaú, enquanto a menor foi de R$ 2,30, no Santander. Vale ressaltar que o Banco do Brasil, HSBC, Real e o Unibanco não cobram especificamente a tarifa pela emissão (abertura).

Na comparação do valor médio das tarifas bancárias de alguns itens comuns (cheque devolvido, emissão do cartão magnético - abertura e reemissão do cartão magnético - perda/roubo/quebra das contas correntes comum e especial ) às pesquisas de julho/96 e março e setembro/04, verificou-se que o item cheque devolvido apresentou a maior variação positiva, 72,92%, no período de julho/96 a setembro/04. É interessante ressaltar que o mesmo ocorre no perí odo de março a setembro/04, 2,65%.

A Fundação orienta que, ao escolher a instituição financeira, o consumidor deve estar atento e comparar as cobranças praticadas; deve ainda, considerar não somente o valor, como também a diversidade de tarifas encontradas em cada banco. Uma prática bastante comum, que deve ser observada, refere-se à oferta de (pacotes) que englobam determinada quantidade de produtos/serviços com limite de uso. O onsumidor deve avaliar se o (pacote) específico atende as suas necessidades e se vale a pena contratá-lo.

As instituições financeiras devem utilizar terminologia que possibilite ao consumidor entender e identificar as tarifas cobradas de sua conta corrente. Desta forma, poderá verificar as tarifas debitadas no seu extrato com as constantes da tabela afixada na agência bancária.

Um alerta importante ao consumidor é quanto ao recebimento de panfletos publicitários ou propostas de oferta de (novos) serviços/produtos via correio. Caso o folheto publicitário venha acompanhado de algum produto/serviço como cartão magnético ou aviso de liberação de cheque especial (com crédito já autorizado na conta corrente), contate a instituição financeira. Se não desejar tal oferta, registre a recusa junto ao banco. Receber qualquer produto ou serviço sem solicitação é
considerado prática abusiva pelo CÓdigo de Defesa do Consumidor A legislação determina que a tabela das tarifas bancárias deve estar afixada com 30 dias de antecedência da data de sua vigência, em local visível e de fácil acesso na agência bancária. Se a instituição financeira não cumprir o exposto, o consum dor deve denunciá-la ao Banco Central e ao Procon, para que sejam tomadas as devidas providências. A pesquisa está dividida em quatro anexos. São eles:

- Reltban set04.doc, onde você poderá verificar as alterações nos valores e nas formas de cobrança de algumas tarifas cobradas pelas instituições financeiras em comparação com a pesquisa anterior, realizada em março de 2004.

-TABan set04.xls e OBSTARIF set04.doc, tabela com todos os valores e respectivas formas de cobrança (coleta de 1 a 3 de setembro).

-Comparativo março e setembro 04 e jul 96.xls- compara o valor médio das tarifas bancárias de alguns itens comuns às pesquisas de julho/96, março e
setembro/04.

4/11/04

Fundação Procon de São Paulo


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos