-
Esta página já teve 133.052.742 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.667 acessos diários
home | entre em contato
 

Clínica médica/Intensiva/Enfermagem

Níveis de Fator Inibitório de Macrófagos e Prognóstico em Sepse

07/12/2004
 



 

O fator inibitório de migração de macrófagos (MIF) é uma citocina que desempenha importante papel na patofisiologia da sepse experimental. Em um artigo publicado recentemente na revista Shock, os autores determinaram os níveis de MIF e compararam estes aos níveis de interleucina 6 (IL-6) para predizer a mortalidade entre pacientes criticamente doentes com sepse.

 

Os níveis de MIF e IL-6 foram medidos em 25 pacientes com choque séptico, 17 pacientes com sepse e 11 voluntários saudáveis. As concentrações plasmáticas médias de MIF e IL-6 foram significativamente maiores nos pacientes com choque séptico e nos pacientes com sepse do que nos controles saudáveis. Os níveis de MIF foram significativamente diferentes entre os sobreviventes e não sobreviventes, como foram os níveis de IL-6. O poder discriminativo para predizer a mortalidade, quando avaliado pelas áreas sob as curvas características, foi de 0.793 para o MIF e de 0.680 para a IL-6.

 

Finalmente, elevados níveis plasmáticos de MIF ((>1100 pg/mL) apresentaram uma sensibilidade de 100% e uma especificidade de 64% para identificar o pacientes que progrediriam para um prognóstico fatal.

 

De acordo com os autores, os dados do estudo sugerem que um elevado nível de MIF em pacientes sépticos recentemente diagnosticados parece ser um indicador precoce de pior prognóstico e  potencial critério de entrada para estudos posteriores com intervenção terapêutica direcionada à neutralização do MIF.

 Macrophage Migration Inhibitory Factor Levels Correlate With Fatal Outcome in Sepsis - Shock – 2004; 22(4):309-313

MACROPHAGE MIGRATION INHIBITORY FACTOR LEVELS CORRELATE WITH FATAL OUTCOME IN SEPSIS.
Shock. 22(4):309-313, October 2004.
Bozza, Fernando A *,+,++; Gomes, Rachel N ++; Japiassu, Andre M *,+; Soares, Marcio [S]; Castro-Faria-Neto, Hugo C ++; Bozza, Patricia T ++; Bozza, Marcelo T [//]

Abstract:
Macrophage migration inhibitory factor (MIF) is a cytokine playing a critical role in the pathophysiology of experimental sepsis. The purpose of this study was to determine the levels of MIF and to compare those to interleukin-6 (IL-6) levels in predicting mortality among critically ill patients with sepsis. The levels of MIF and IL-6 were measured in 25 patients with septic shock, 17 patients with sepsis, and 11 healthy volunteers. The median plasma concentrations of MIF and IL-6 were significantly higher in patients with septic shock and in patients with sepsis than in healthy controls. MIF levels were significantly different between survivors and nonsurvivors, as were IL-6 levels. Discriminatory power in predicting mortality, as assessed by the areas under receiver operating characteristic curves (AUROC), was 0.793 for MIF and 0.680 for IL-6. Finally, high plasma levels of MIF (>1100 pg/mL) had a sensitivity of 100% and a specificity of 64% to identify the patients who eventually would evolve to a fatal outcome. Thus, our data suggest that an elevated MIF level in recently diagnosed septic patients appears to be an early indicator of poor outcome and a potential entry criterion for future studies with therapeutic intervention aiming at MIF neutralization.

(C)2004The Shock Society


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos