-
Esta página já teve 133.133.190 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.659 acessos diários
home | entre em contato
 

Pneumologia/Pulmão

Teste Rápido de Fita para Avaliação do Escarro

16/12/2004
 




Em um artigo publicado recentemente na revista Chest, os autores realizaram um estudo prospectivo duplo-cego para investigar o uso do teste rápido de fita na avaliação imediata da qualidade do escarro.

 

Amostras de escarro e saliva foram coletadas. A qualidade do escarro foi avaliada pela presença de neutrófilos polimorfonucleares (PMNs) e células epiteliais escamosas (CEEs) através da microscopia. O escarro apresentou as seguintes classificações: (1) informativo (ou seja, > 25 PMNs e < 10 CEEs por campo ao microscópico); (2) semi-informativo (ou seja, > 25 PMNs ou < 10 CEEs por campo, porém não ambos); ou (3) não informativo (ou seja, < 25 PMNs e > 10 CEEs por campo). As duas primeiras classificações foram consideradas como “escarro” e a terceira foi considerada “não escarro”.

 

A qualidade do escarro foi comparada aos resultados obtidos através do teste rápido de fita para gravidade específica (GE), pH, atividade da esterase do leucócito (EL) e níveis de nitritos, proteína, glicose e eritrócitos. O teste Kruskal-Wallis foi utilizado para comparar os três níveis de qualidade do escarro e o teste rápido de fita. O teste Mann-Whitney comparou o escarro e o não escarro aos reagentes do teste rápido de fita. A correlação de Pearson  foi utilizada para avaliar a associação. Calculou-se os melhores valores de corte bem como a sensibilidade e especificidade destes valores.

 

Oitenta e duas amostras foram incluídas, com 61 amostras de pacientes hospitalizados e 21 amostras de voluntários saudáveis. O melhor preditor da qualidade do escarro foi a GE do reagente. Através da definição do limiar de GE > 1.01,  a sensibilidade foi de 86.8% e a especificidade foi de 75.9%. A especificidade da proteína, glicose +1 e níveis de EL foram relativamente baixas. Não se observou associação entre os resultados do teste de fita reagente para pH, nitritos e eritrócitos e a qualidade do escarro.

 

Os autores concluíram que através da utilização do limiar de GE > 1.01, o teste rápido de fita reagente mostra-se como um teste sensível para a avaliação da qualidade do escarro, o qual pode ser utilizado quando não há disponibilidade para a realização da citologia do material.

Correlation Between Rapid Strip Test and the Quality of Sputum - Chest – 2004; 126:1667-1671

Correlation Between Rapid Strip Test and the Quality of Sputum*

Amir Gal-Oz, MD; Imad Kassis, MD; Hanna Shprecher, PhD; Raphael Beck, MD, FCCP and Lea Bentur, MD

* From the Department of Pediatrics (Dr. Gal-Oz), the Infectious Diseases Unit (Dr. Kassis), the Microbiology Laboratory (Dr. Shprecher), and the Pediatric Pulmonary Unit (Drs. Beck and Bentur), Department of Pediatrics, Meyer Children’s Hospital, Rambam Medical Center, Haifa, Israel.

Correspondence to: Lea Bentur, MD, Director, Pediatric Pulmonary Unit, Rambam Medical Center, PO Box 9602, Haifa, Israel, 31096; e-mail: l_bentur@rambam.health.gov.il

Study objectives: To evaluate the use of a rapid strip test for the quick evaluation of sputum quality.

Design: Prospective, double-blind study. Sputum and saliva samples were collected. Sputum quality was assessed by the presence of polymorphonuclear neutrophils (PMNs) and squamous epithelial cells (SECs) per low-power (microscopic) field (LPF) [x10 objective]. Sputum was defined as follows: (1) informative (ie, > 25 PMNs and < 10 SECs per LPF); (2) semi-informative (ie, > 25 PMNs or < 10 SECs per LPF, but not both); or (3) uninformative (ie, < 25 PMNs and > 10 SECs per LPF). The first two levels were considered to be "sputum" and the third one was considered to be "nonsputum." The quality of the sputum was compared to results obtained using a rapid strip test (Combur-Test; Roche Diagnostics; Basel, Switzerland) for specific gravity (SG), pH, leukocyte esterase (LE) activity, and levels of nitrites, protein, glucose, and erythrocytes. A Kruskal-Wallis test was used to compare the three levels of sputum quality and the rapid strip test. A Mann-Whitney test compared sputum and nonsputum to the rapid strip reagents. Pearson correlation and {kappa} tests were used to assess correlation. Receiver operating characteristic was used to calculate the best cut-point values, and the sensitivity and specificity of these values were calculated.

Results: Eighty-two samples were included, with 61 samples from hospitalized patients and 21 samples from healthy volunteers. The best predicator of sputum quality was the SG of the reagent. Using an SG threshold definition of > 1.01, the sensitivity was 86.8% and the specificity was 75.9%. The specificity of protein, glucose ≥ +1, and LE levels were relatively low. No relationship was found between the results of the reagent strip test for pH, nitrites, and erythrocytes, and the sputum quality.

Conclusion: Using an SG threshold definition of > 1.01, the rapid reagent strip test has been shown to be a sensitive test for the evaluation of sputum quality, which can be useful when facilities for sputum cytology are not available.

Key Words: pneumonia • polymorphonuclear neutrophils • rapid strip test • reagent strip • sputum



IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos