- Presentes com qualidade
Esta página já teve 132.553.158 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.698 acessos diários
home | entre em contato
 

Cidadania/Serviços

Presentes com qualidade

21/12/2004
20/12/2004

Com a chegada das festas de fim de ano, grande parte das pessoas sai às ruas para comprar presentes, mas é preciso ter cuidado. Em defesa do consumidor, a Divisão de Verificação da Conformidade do Inmetro coordena a fiscalização nacional de produtos natalinos. Confira algumas dicas para presentear com artigos de qualidade.
Os brinquedos e o pisca-pisca estão entre os itens mais vendidos nesta época do ano e é preciso estar alerta às normas de qualidade. Os piscas-piscas não têm o selo do Inmetro, mas devem informar na embalagem a voltagem, a corrente elétrica e a qualidade do produto, contendo o nome do fabricante. Os brinquedos devem conter o selo do Inmetro e uma indicar a faixa etária ideal para uso, informa a chefe da Divisão de Verificação da Conformidade do Inmetro, Márcia Rosa.

— No caso do pisca-pisca, verificamos se há material ferroso no condutor, se a tensão é adequada e se a caixa da embalagem vem com as instruções em português. Esse tipo de luminária natalina é regulamentado pela portaria 27/2000, mas não é certificado pelo Inmetro, afirmou o gerente da Divisão de Produtos Certificados e Regulamentados do Ipem de Pernambuco, Nelson José Rattacaso.

O consumidor também pode fazer o teste no pisca-pisca, basta passar um ímã sobre o produto. Se ele fixar na peça, é sinal de que há material ferroso, o que é proibido porque pode causar curto-circuito.

Durante o mês de dezembro, técnicos dos Institutos de Pesos e Medidas estaduais intensificam a fiscalização no comércio das capitais e interior do país. São analisados produtos como: eletrônicos, árvores e bolas de natal, queijos, castanhas, panetones, nozes, ameixas, passas e o tradicional peru da ceia natalina.

Dicas ao comprar brinquedos

- Todo brinquedo deve ter selos de segurança do organismo certificador e do Inmetro, que garantem a fabricação e comercialização em conformidade com as normas técnicas adequadas.
- Brinquedos que tenham na composição substâncias tóxicas (em pilhas, baterias) devem trazer uma etiqueta com a palavra CUIDADO em destaque, além de indicação de riscos no manuseio.
- O manual de instruções deve ser em português, em linguagem clara e precisa, e deve indicar quantas pilhas ou baterias são necessárias, ou se já estão incluídas. Além disso, deve constar a relação de empresas que prestam assistência técnica.
- Brinquedos comercializados por vendedores ambulantes não têm garantia de conformidade com as normas de segurança.
- Exija sempre a nota fiscal, pois a garantia só serve com a apresentação da mesma. Em caso de defeito, o consumidor terá direito a 90 dias de garantia pelo produto adquirido.

Confira os resultados da fiscalização nacional ocorrida em 2003 aqui

Luminárias natalinas
verificadas: 40. 765 unidades
aprovadas: 34.069
apreendidas: 5.718
interditadas: 978 unidades
estabelecimentos visitados: 392

Brinquedos
verificados: 800. 817 unidades
aprovados: 790.877 unidades
apreendidos: 9.050
interditados: 890
estabelecimentos visitados: 888
 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos