Dor/Dores -
Esta página já teve 134.658.044 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.667 acessos diários
home | entre em contato
 

Dor/Dores

Declaração de Direitos das Pessoas com Dor Devido ao Câncer

09/01/2005

Muitas pessoas estão sofrendo de dor devido ao câncer neste momento.
Apesar de existirem tratamentos efetivos para este tipo de dor, muitos relutam em utilizá-lo. Porquê isto acontece? Um dos fatores é que as drogas utillizadas para este alívio são, muitas vezes, confundidas com drogas que podem "viciar". Outro fator é que alguns profissionais de saúde ainda não estão totalmente treinados e atualizados com as modernas técnicas para o tratamento da dor. Além disso, muitas pessoas têm dificuldade em descrever sua dor.
Por estes e outros motivos, muitos pacientes ainda sofrem desnecessariamente.

Esta CARTA DE DIREITOS PARA AS PESSOAS COM DOR DO CÂNCER foi planejada para encorajar os pacientes e aqueles que deles cuidam para ampliarem seus conhecimentos sobre a dor e a sua possibilidade de tratamento.
Para garantir a melhor aplicação desse conhecimento e obter o melhor alívio possível, são necessários ainda um bom relacionamento e o canal de comunicação com o doente e alguns cuidados específicos.


 
Tenho o Direito de que os profissionais de saúde, a minha família, amigos e os que me cercam acreditem em minha Dor

A pessoa que sente dor é a única em saber o que está passando, e deve ser sempre encorajada a descrever esta dor o mais detalhadamente possível. Os médicos e demais profissionais de saúde precisam trabalhar juntos para garantir que a dor esteja sendo bem avaliada e tratada. Muitas vezes, algumas diferenças culturais, relutância em tomar remédios e sentimentos de resignação impedem que o doente fale abertamente sobre sua dor.


Tenho o Direito de ter a minha Dor controlada, não importando a sua causa ou quão forte seja

A dor tem de ser entendida e muitos avanços têm ocorrido nesta área. As pessoas com dor do câncer devem esperar da equipe que a acompanha que todo o conhecimento atual e recursos disponíveis sejam utilizados para aumentar o seu conforto.


Tenho o Direito de ser tratado com respeito, Sempre

Muitas pessoas têm medo das medicações usadas para tratar a dor por não conhecerem exatamente os seus efeitos e que muitos efeitos colaterais destes remédios que precisam ser utilizados são previsíveis e tratáveis, e frequentemente não são motivo suficiente para que se interrompa o tratamento.


Tenho o Direito de que a Dor decorrente de tratamentos e procedimentos necessários para tratar minha doença sejam, ao menos, minimizados

O tratamento do câncer precisa incluir, muitas vezes, exames e procedimentos desagradáveis e/ou dolorosos, mesmo que sejam de curta duração. No entanto, a dor leva ao sofrimento, não importa quão "rápido" sejam estes procedimentos, e a preocupação com a necessidade de futuros tratamentos que possam vir a ser dolorosos também gera sofrimento.
A equipe que cuida do doente tem o dever de esclarecê-los sobre o quê podem esperar e o quê pode ser oferecido para minimizar este sofrimento.


www.hcanc.org.br


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos