-
Esta página já teve 132.453.745 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.707 acessos diários
home | entre em contato
 

Gravidez/Parto/Obstetrícia

Suplementação de Ferro Diária versus Intermitente em Gestantes: Resultado Hematológico e Gestacional

25/02/2005




Este estudo, recentemente publicado no Journal of Obstetrics and Gynaecology Research, foi realizado com o intuito de comparar os parâmetros hematológicos e resultado gestacional em mulheres recebendo suplementos de ferro diariamente versus semanalmente durante a gestação.

 

Um estudo prospectivo randomizado controlado foi realizado no Departamento de Obstetrícia e Ginecologia do Instituto de Ciências Médicas All India em Nova Delhi, Índia, durante o qual 111 mulheres foram randomizadas para receber 100mg de ferro elementar diariamente (n = 55) ou 200mg de ferro elementar semanalmente (n = 56). Estimativas do nível de ferritina no hemograma e soro foram realizadas no início da gestação e dentro do período de 32 a 34 semanas de gestação. Foram observados para cada grupo os efeitos colaterais, a complacência e o número de comprimidos consumidos. Também foram comparados entre os dois grupos de intervenção o peso de nascimento médio, período de gestação no parto e tipo de parto.

 

Não houve diferença significativa nos níveis médios de hemoglobina entre os dois grupos de intervenção ao final de uma média de 17 semanas de suplementação de ferro. Entretanto, entre as mulheres anêmicas que receberam suplementação diária, houve um maior aumento na hemoglobina em comparação com aquelas que receberam os suplementos semanalmente. O nível de ferritina no soro foi menor no grupo suplementado semanalmente em comparação com aquele do grupo diariamente. Não houve diferença no peso de nascimento médio, período de gestação e tipo de parto entre os dois grupos. Os efeitos colaterais e o não cumprimento foram significativamente maiores (p < 0,001) no grupo suplementado diariamente.

 

Os autores concluíram que a suplementação de ferro semanalmente é uma opção efetiva para a profilaxia em mulheres grávidas não anêmicas, mas não chega a apresentar benefícios ótimos em mulheres anêmicas.

 Daily versus intermittent iron supplementation in pregnant women: Hematological and pregnancy outcome - Journal of Obstetrics and Gynaecology Research; 2004; 30 (6): 409

Home Browse Search My Synergy Register Help
 
Username
Password
Athens login
you are at
Forgotten Password?Logout
Abstract
Download to reference manager

Journal of Obstetrics and Gynaecology Research
Volume 30 Issue 6 Page 427  - December 2004
doi:10.1111/j.1447-0756.2004.00225.x
 
Use of heparin to lower the incidence of phlebitis induced by anti-neoplastic agents used in ovarian cancer
Shun-ichi Ikeda1, Tsutomu Douchi1 and Yukihiro Nagata1
 Abstract

Aim: To investigate whether heparin infusion with the administration of anti-neoplastic agents in ovarian cancer can reduce the occurrence of phlebitis as a complication of chemotherapy.

Methods: The subjects were 20 patients with ovarian cancer who developed phlebitis following their first course of anti-cancer chemotherapy. In the subsequent chemotherapy course, 10 patients received heparin infusion of 5000 U, starting 3 h before the administration of anti-neoplastic agents and continuing concomitantly with the agents for 12 h. The other 10 patients (control) were treated with anti-neoplastic agents alone.

Results: Only one (10%) of 10 patients who had received heparin developed phlebitis, while eight patients (80%) in the control group did (P = 0.005). In the heparin group, there were no toxic effects of heparin observed. The prothrombin time, activated partial thromboplastin time, fibrinogen, and platelet count did not differ before and after the completion of chemotherapy.

Conclusion: Concurrent infusion of heparin and anti-neoplastic agents in ovarian cancer is a safe and effective method of preventing phlebitis induced by chemotherapy.

 
Access Abstract and References    Access Full Text Article    Access Full Article PDF
 
List of Issues
image
Table of Contents
image
Previous Article Next Article
image
Add to Favorites
image
Email to a Friend
image
Jacket

Synergy
PubMed (MEDLINE)
CrossRef
for
Authors:
Shun-ichi Ikeda
Tsutomu Douchi
Yukihiro Nagata
anticancer chemotherapy
heparin
phlebitis


Received: February 23 2004. Accepted: August 11 2004.

1Department of Obstetrics and Gynecology, Faculty of Medicine, Kagoshima University, Kagoshima, Japan

Dr Shun-ichi Ikeda, Department of Obstetrics and Gynecology, Faculty of Medicine, Tokyo Women's Medical University, 8-1 Kawada-cho, Shinjuku-ku, 162-8666, Tokyo, Japan. Email: shun4633@yahoo.co.jp
To cite this article
Ikeda, Shun-ichi, Douchi, Tsutomu & Nagata, Yukihiro (2004)
Use of heparin to lower the incidence of phlebitis induced by anti-neoplastic agents used in ovarian cancer.
Journal of Obstetrics and Gynaecology Research 30 (6), 427-429.
doi: 10.1111/
j.1447-0756.2004.00225.x


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos