-
Esta página já teve 133.160.292 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.659 acessos diários
home | entre em contato
 

Cirurgia Plástica

Blefaroplstia- Cirurgia plástica das pálpebras

04/03/2005

 

 

 

 

Indicação:

É indicada para corrigir os excessos de pele, gordura e flacidez muscular em volta das pálpebras, podendo, em certos casos, melhorar o aspecto funcional além do estético. Se houver um grande edema ou muitos “pés de galinha”, mesmo que devidamente operados, não desaparecerão totalmente necessitando de procedimentos estéticos complementares como aplicação de toxina botulínica, laser, peelings ou substâncias de preenchimento. Procedimentos estes que serão explicados detalhadamente em outros setores.

 

 

Antes da Cirurgia: Avisar se apresentar gripe, indisposição ou quaisquer outras intercorrências por ocasião da data da cirurgia.

Não beber e não tomar medicamentos por uma semana antes da cirurgia a não ser os prescritos pelo médico. Não tomar antiinflamatórios por no mínimo 15 dias antes da cirurgia. Não se maquiar no dia da internação. Trazer óculos escuros.

Internar-se no hospital determinado no mínimo uma hora antes do horário previsto portando os exames pré-operatórios. Comparecer acompanhado(a) para a internação.

 

 Risco de Complicações: Raramente a cirurgia plástica das pálpebras sofre complicações sérias. Isto se deve ao fato de se preparar devidamente cada paciente com criteriosos exames e avaliação pré-operatória, além de ponderarmos sobre a conveniência de associação desta cirurgia, simultaneamente a outras. O perigo não é maior ou menor que viajar de avião, automóvel, ou atravessar uma via pública.

 

Anestesia: Pela extensão da cirurgia e boa qualidade dos anestésicos, a maioria dos casos é operada sob anestesia local (em alguns casos, com uma sedação prévia). Dependendo da vontade do paciente, poderão ser feitas sob anestesia geral. Reserva-se esta última conduta para os casos em que clinicamente está contra-indicada a anestesia local ou mesmo, quando a blefaroplastia esteja sendo feita simultaneamente a outras cirurgias.

 

Duração da Cirurgia: A média é de 60 a 90 minutos, o importante é se conseguir o melhor resultado e simetria possíveis.

 

Cicatrizes: Sendo a pele das pálpebras de espessura muito fina, as cicatrizes tendem a ficar praticamente disfarçadas nos sulcos da pele. Para tanto, deve ser aguardado o período de maturação da cicatriz (três meses). Pela sua localização são passíveis de serem disfarçadas com uma maquiagem leve, desde os primeiros dias.

Pós-operatório: Costuma ser recomendada a colocação de compressas frias por alguns minutos, várias vezes ao dia, ato este controlado pelo(a) próprio(a) paciente, como profilaxia do edema acentuado e para proporcionar conforto no pós-operatório. Usar óculos escuros quando se expuser à luz natural e ao vento. Voltar ao consultório para curativo e revisão nos dias estipulados. Não traumatizar nem “coçar” os olhos.  Durante os três primeiros dias do pós-operatório existe maior “inchaço” das pálpebras. O uso de óculos escuros poderá ser útil nesta fase, assim como a utilização de compressas frias diminui a intensidade do edema. Somente após o 3º mês é que poderemos dizer que o edema residual é discreto.

O pós-operatório da cirurgia das pálpebras é doloroso? Geralmente não é uma cirurgia

dolorosa desde que você obedeça às instruções médicas.

 Mesmo que ocorra uma sensibilidade maior ou pequenos surtos de dor, estes poderão ser perfeitamente abolidos com o uso de analgésicos comuns prescritos pelo médico.

 

 

   Este texto trata-se de uma introdução sobre o tema não pretendendo esgotar suas dúvidas. Caso queira se aprofundar mais no tema procure o seu médico de confiança ou, se preferir, entre em contato com o e-mail elodiaavila@uol.com.br e terei grande prazer em procurar esclarecer suas dúvidas.

 

 

Dra. Elódia Ávila


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos