AIDS / HIV -
Esta página já teve 132.459.775 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.708 acessos diários
home | entre em contato
 

AIDS / HIV

Químicos chineses identificam compostos anti-HIV

09/04/2005

 


Pesquisadores do Laboratório de Química e Virologia Medicinal, da Universidade de Ciência e Tecnologia da China, acreditam ter descoberto uma forma de evitar que o vírus HIV, causador da Aids, se espalhe pelo corpo humano. Em artigo publicado no Journal of the American Chemical Society, com a colaboração de cientistas do Rega Institute for Medical Research, da Bélgica, eles descrevem dois novos compostos, identificados em laboratório, os quais mostraram ter uma potente atividade contra os vírus HIV 1 e HIV 2 sem causar atividade tóxica na célula, mesmo em altas concentrações.

Os compostos identificados pelos chineses - nucleosídeos fosfonados (PMDTA e PMDTT)-, podem ocupar um espaço na célula humana pelo qual o vírus da Aids entra e começa a se duplicar, matando a célula e levando à falência do sistema imune. A descoberta gera a expectativa de desenvolvimento de novas drogas de combate ao HIV, mas não há previsão de quando elas deverão entrar em fase de testes clínicos. Os medicamentos anti-retrovirais, que fazem parte do atual coquetel usado no tratamento da Aids, impedem a multiplicação do vírus HIV. As futuras drogas poderão inibir a sua entrada na célula humana.

Os pesquisadores alertam que ainda é preciso que o processo descrito por eles possa ser repetido em outros laboratórios, para que a descoberta se torne mais confiável. Eles próprios estimam que irão levar entre três e cinco anos para aprofundar esse trabalho, e verificar, entre outras coisas, se os pequenos compostos podem ocupar o espaço da célula antes do vírus HIV por um período prolongado.

O número de casos de Aids para cada 100 mil habitantes na China, onde foi feita essa descoberta, é relativamente pequeno, mas como se trata do país mais populoso do mundo, com mais de 1 bilhão de habitantes, os números absolutos são grandes: há 840 mil chineses infectados com o HIV, incluindo 80 mil pacientes que já manifestaram a doença. Para se ter uma idéia, de acordo com o Programa Nacional de DST e Aids do Ministério da Saúde brasileiro, entre 1980 e 2004, foi registrado um total de 362.364 casos no Brasil. Em todo o mundo, estima-se que ocorram 16 mil novos casos de Aids a cada dia e cinco mortes causadas pela doença a cada minuto.

 
http://www.comciencia.br


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos