-
Esta página já teve 132.490.339 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.705 acessos diários
home | entre em contato
 

Sono/Distúrbio do sono

Pílula inteligente pode salvar o dia seguinte dos insones

16/05/2005

Cientistas testam com sucesso droga que inunda o cérebro com o neurotransmissor que facilita o aprendizado e a memória

Tim Radford escreve para ‘The Guardian’:

Eis o sonho: você não dormiu, seu cérebro virou mingau, você não acha as palavras e está prestes a fazer a entrevista que pode mudar sua vida. Então, engole uma pílula.

Em minutos, se sente alerta e capaz de dar as respostas certas na hora certa. Isso poderá um dia virar realidade.

Uma classe de drogas experimentais, as ampaquinas, pode aumentar a atividade do glutamato e inundar o cérebro com o neurotransmissor que facilita o aprendizado e a memória.

Segundo a ‘New Scientist’ desta quinta-feira, cientistas da Universidade de Surrey testaram a ampaquina CX717 em 16 homens saudáveis entre 18 e 45 anos.

Os voluntários começaram com uma boa noite de sono e passaram por testes de memória, atenção, tempo de reação e solução de problemas.

Então, às 23 horas, alguns tomaram só uma pílula de açúcar e outros, a droga em doses de até 1.000 mg. Eles foram mantidos acordados e testados várias vezes.

Às 4 horas, foram instruídos a ir para a cama num quarto escuro, mas mantendo-se acordados, enquanto os pesquisadores mediam ritmo cardíaco, atividade cerebral e outras coisas.

Os que tomaram placebo dormiram logo. Mas entre os voluntários privados de sono até as menores doses da droga - que está sendo testada para a empresa californiana Cortex – fizeram efeito.

Ela pertence a uma geração de ‘pílulas inteligentes’ e está sendo estudada na Europa e nos EUA como possível tratamento para narcolepsia, jet lag e, em especial, mal de Alzheimer.
(O Estado de SP, 13/5)

Jornal da Ciência- SBPC


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos