-
Esta página já teve 133.085.937 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Tóxicos/Intoxicações

Pesquisadores da UFSM atestam níveis aceitáveis de pesticidas organoclorados e bifenilas policloradas em salsichas

22/05/2005


A contaminação de alimentos por pesticidas é muito comum e pode causar uma série de efeitos no homem, como alterações imunológicas e hormonais, irritação, riscos de desenvolver carcinomas e lesões oculares e cutâneas. Esses riscos aumentam através do consumo de alimentos de origem animal. Por isso, pesquisadores da Universidade Federal de Santa Maria resolveram monitorar a freqüência e os níveis de resíduos dos praguicidas organoclorados e das bifenilas policloradas em amostras de salsichas Hot-Dog, comercializadas na Cidade de Santa Maria (RS), comparando os valores encontrados com aqueles estabelecidos pela Legislação.

Para tanto, foram coletadas, no comércio local da cidade, entre julho e agosto de 2002, 16 amostras de salsicha Hot-Dog de quatro diferentes marcas, cada uma composta por quatro lotes distintos. De acordo com artigo publicado na edição de setembro/outubro de 2004 da revista Ciência Rural, a escolha pelos pesticidas organoclorados e pelas bifenilas policloradas deveu-se a sua persistência no ambiente e a sua grande estabilidade.

Os pesquisadores verificaram que diversos compostos organoclorados foram encontrados nas amostras, assim como as bifenilas. Segundo eles, “do somatório dos níveis médios encontrados nas amostras de salsichas, 88% correspondem a resíduos de praguicidas organoclorados, enquanto, apenas 12% correspondiam a resíduos de bifenilas policloradas. Referindo-se aos praguicidas organoclorados, os metabólitos do DDT representam 71% da contaminação e os demais praguicidas detectados somam um total de 29%”. No entanto, a equipe constatou que a presença dos pesticidas foi inferior aos limites estabelecidos pela Legislação.

De qualquer forma, os pesquisadores alertam para a importância de realizar constantemente um controle dos níveis de pesticida nos alimentos: “o monitoramento de resíduos de compostos tóxicos em alimentos é de grande importância para garantir à população produtos que não apresentem riscos à saúde. É fundamental dar continuidade a pesquisas nessa área de estudo”.

Agência Notisa (jornalismo científico - scientific journalism)


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos