Imunologia/Imunidade - As citocinas no sistema imune
Esta página já teve 135.281.834 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Imunologia/Imunidade

As citocinas no sistema imune

03/06/2005

As citocinas são proteínas que modulam a função de outras células ou da própria célula que as geraram. São produzidas por diversas células, mas principalmente por linfócitos e macrófagos ativados, sendo importantes para o controle da resposta imune (1-3).

As citocinas dependem da ligação com receptores específicos da membrana celular para desempenharem sua função. Normalmente, há a necessidade da ação de mais de uma citocina para uma resposta imune, por isso elas agem em conjunto, formando uma rede complexa, na qual a produção de uma citocina influenciará a produção ou resposta de outras (1-3).

Se a célula que produziu a citocina for um linfócito ativado, esta é chamada de linfocina. As interleucinas (IL), atualmente numeradas IL-1 a IL-8, são citocinas produzidas por células hematopoiéticas (que formam o sangue). Outros exemplos de citocinas são: interferons (IFN), fatores estimuladores de colônia (CSF), fatores de necrose tumoral (TNF), fatores de crescimento e quimiocinas (1-3).

Os IFNs, por exemplo, agem na limitação da propagação de determinadas infecções virais. Os CSFs possuem importante papel na divisão e diferenciação das células-tronco na medula óssea e dos precursores dos leucócitos do sangue. As ILs têm muitas funções, mas a maioria está envolvida na indução de divisão e diferenciação de outras células. Cada IL atua em um grupo específico de células, de acordo com os receptores adequados para cada uma. As outras citocinas possuem funções principalmente nas reações inflamatórias e citotóxicas (1).

 

 

Referência (s)

1. Male D, Roit I. Introdução ao sistema imune.
IN: Roit I, Brostoff J, Male D. Imunologia. São Paulo; Manole, 1999. p. 1-11.

 

2. Duarte ACG. Semiologia Imunológica Nutricional. In: Duarte ACG. Mediadores imunológicos. Axcel Books do Brasil Editora; Rio de Janeiro, 2003. p.22-36.

3. Collins T. Inflamação aguda e crônica. In: Robbins. Patologia estrutural e funcional. . 6a ed. Rio de Janeiro; Guanabara Koogan, 2000. p. 45-78.

 

Nutritotal


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos