Imunologia/Imunidade - Funcionamento do sistema imune
Esta página já teve 115.031.162 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.738 acessos diários
home | entre em contato
 

Imunologia/Imunidade

Funcionamento do sistema imune

18/06/2005

O sistema imune, ou sistema imunológico, tem como função produzir uma resposta, com a finalidade de defender nosso organismo, contra agentes invasores (antígenos), como vírus, bactérias, fungos, protozoários ou parasitas multicelulares, ou corpos estranhos, que podem causar doenças e levar o hospedeiro a óbito se sua multiplicação ocorrer de forma descontrolada (1).

Qualquer resposta imunológica envolve, primeiramente, o reconhecimento do antígeno e, em segundo lugar, a elaboração de uma nova reação dirigida a esse elemento, com a finalidade de eliminá-lo do organismo. Os diferentes tipos de resposta imunológica enquadram-se em duas categorias: resposta imune inata (ou não-adaptativa) e resposta imune adaptativa (1,2).

Da resposta imune inata, participam células com capacidade fagocítica, como monócitos, macrófagos e neutrófilos. Estas células reconhecem, fagocitam (“englobam”) e destroem um antígeno de forma inespecífica (ou seja, não importando o tipo de antígeno), constituindo, deste modo, a primeira linha de defesa humana contra a invasão de corpos estranhos (1,2).

Já a resposta imune adaptativa tem como característica principal o reconhecimento específico de um antígeno, tendo os linfócitos como células centrais. Dentre elas, podemos destacar os linfócitos T-auxiliares. Estas, após reconhecerem um antígeno previamente fagocitado pelas células da resposta imune inata (monócitos e macrófagos), por meio do processo de apresentação de antígenos, produzem citocinas (proteínas produzidas por muitos tipos celulares, que modulam a função de outras células). As citocinas promovem a ativação de outros componentes do sistema imunológico e outro subgrupo de linfócitos, os linfócitos B, que, por sua vez, se encarregam de produzir anticorpos específicos para aquele antígeno. No decorrer deste processo, são formadas células de memória, que respondem de forma mais rápida e eficiente a uma reinfecção (1-3).

 

Autor(a):       Thiago Manzoni Jacintho


Referência (s)

1. Male D, Roit I. Introdução ao sistema imune. IN: Roit I, Brostoff J, Male D. Imunologia. São Paulo; Manole, 1999. p. 1-11.

2. Helm T. Basic immunology: a primer. Minn Med. 2004;87(5):40-4.

3. Cassis L, Aiello S, Noris M. Natural versus adaptive regulatory T cells. Contrib Nephrol. 2005;146:121-31.
Nutritotal


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos