Geriatria/Gerontologia/Idoso -
Esta página já teve 133.160.218 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.659 acessos diários
home | entre em contato
 

Geriatria/Gerontologia/Idoso

Percepção, avaliação, tratamento e conduta relacionados à dor nas pessoas idosas

19/06/2005
 

Barkin RL, Barkin SJ, Barkin Ds. O

Departamento de Anestesiologia, Centro Médico da Universidade das Arremetidas, 1653 congress ocidental Parkway, Chicago, IL 60612, EUA;

Vinte a 50% de pessoas idosas da comunidade sofrem da dor. Até 80% dos relatórios de idosos referem ao menos um problema de dor. As etiologias da dor são múltiplas que ocorrem em pacientes idosos. Podem ser de doenças crônicas múltiplas: osteodistrofia, RA, câncer, DJD, desordens de articulações, osteoporosis, dor cirúrgica, trauma, dor neuropática e dor nociceptiva. A incidência de dor não-aliviada inibe a respiração, diminui a mobilidade e seu status funcional, que pode conduzir aos eventos iatorgênicos, que incluem a pneumonia, a constipação e a trombose profunda da veia. Internações prolongadas ou home care desnecessários podem diminuir as expectativas do paciente idoso e da qualidade de vida e iniciar a isolação social. Existem alguns preconceitos ou barreiras à detecção da dor no cliente idoso. Estes incluem condições sociais, emocionais, cognitivas e subjetivas com o paciente.

Clin Geriatr Med. 2005 Aug;21(3):465-490.


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos