Meio Ambiente/Ecologia -
Esta página já teve 132.446.298 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.706 acessos diários
home | entre em contato
 

Meio Ambiente/Ecologia

Pseudis minuta - rã-arlequim

08/07/2005

Taxonomia:

Filo: Cordados
Sub-Filo: Vertebrados
Super-Classe: Tetrápodo
Sub-Classe: Diapsida
Classe: Lissamphibia
Super-Ordem: Salientia
Ordem: Anura
Família: Pseudidae
Gênero:
Pseudis
Espécie:
Pseudis minuta

Nome popular: Rã-Arlequim.

Distribuição: Espécie endêmica da América do Sul ocorrendo a leste dos Andes, desde a Venezuela até o nordeste da Argentina e Uruguai de forma isolada também na Colômbia (Melchiors2 et al,2002).

Características: É um anuro exclusivamente aquático (Melchiors1 et al, 2002) e é proximamente  relacionada a P. cardosoi Kwet, 2000. (Kwet e Di-Bernardo, 1999).

Status Populacional: Até então, esta espécie não se encontra na Lista Nacional das espécies brasileiras ameaçadas de extinção. Porém isso não exclui a possibilidade dessa espécie estar ameaçada, uma vez que as pressões antrópicas sobre a mata atlântica têm causado uma drástica redução de habitats e isolamento genético de certas populações. A utilização de métodos predatórios, sem a menor preocupação com a conservação dos recursos para permitir sua regeneração, vem extinguindo um grande número de espécies de anfíbios e destruindo a biodiversidade em geral.

Hábitos: Habita ambientes lênticos de poças temporárias ou permanentes, com vegetação flutuante (Melchiors1 et al, 2002).

Alimentação: Alimenta-se principalmente de besouros, libélulas, abelhas, formigas, cupins, percevejos e moscas. Algumas vezes se alimenta também de pequenas aranhas, grilos, gafanhotos e até alguns crustáceos. Esses dados indicam que Pseudis minuta é uma espécie generalista com dieta basicamente composta de insetos ou complexo pleustônico ( Melchiors1 et al, 2002).

Reprodução : Os machos vocalizam na superfície da água e são visualizados facilmente. As vocalizações ocorrem durante quase todo o ano (agosto a abril), à exceção dos meses frios (maio a julho), período o qual nenhuma atividade é registrada  indicando padrão de reprodução descontínua. Os amplexos ocorrem normalmente entre outubro e fevereiro, os girinos podem ser encontrados de outubro a março e os juvenis podem ser encontrados ao longo de todo o ano, o que poderia indicar hibernação ou redução acentuada da taxa de crescimento, nos meses frios (Melchiors2 et al,2002).

Bibliografia
MELCHIORS1, J., DI BERNARDO, M., PONTES, G. M. F., OLIVEIRA, R. B., QUADROS, F., Dieta da Rã-Arlequim, Pseudis minuta, (Anura: Pseudidae) na campanha do Rio Grande do Sul, Brasil, XVI Reunión de Comunicaciones Herpetológicas, La Plata, 10 al 12 de noviembre de 2002, p82.
 MELCHIORS2, J., DI BERNARDO, M., PONTES, G. M. F., OLIVEIRA, R. B., Fases reprodutivas da Rã-Arlequim, Pseudis minuta, (Anura: Pseudidae) na campanha do Rio Grande do Sul, Brasil, XVI Reunión de Comunicaciones Herpetológicas, La Plata, 10 al 12 de noviembre de 2002, p83.
KWET, A., DI-BERNARDO, M.,   Anfíbios. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1999. 107p. 
ZANK,C., FUSSINATO, L.A., FONTE, L.F.M., COLOMBO, P., DI-BERNARDO, M., KRAUSE, L., Sítios de vocalização em uma população de Pseudis minuta da reserva Biológica do Lami, Porto Alegre, RS.  p213, XXV Congresso Brasileiro de Zoologia: Resumos, Brasília, 8 a 13 de fevereiro de 2004, 513p.

Netografia
http://www.faunadepelotas.hpg.ig.com.br/anfibiosft5.htm

 

www.ibama.gov.br


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos