-
Esta página já teve 135.318.696 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.662 acessos diários
home | entre em contato
 

Teen/Hebeatria/Adolescência/Jovem

Como é a paquera em diferentes partes do mundo?

12/09/2005
Em julho de 2002 foi publicada, na Revista da Folha, uma matéria que aborda as diversas maneias de paquerar, utilizadas por homens e mulheres de diversas partes do mundo. Embora a paquera seja comum na maioria dos países, ela se desenrola de forma diferente, conforme as características e os costumes específicos dos indivíduos de cada país.

As brasileiras, por exemplo, costumam agradar aos estrangeiros. Esses últimos, muitas vezes desembarcam em nosso país e acabam aqui ficando, uma vez que são tratados a "pão-de-ló" por nossas mulheres, reconhecidas como
lindas, sensuais e disponíveis. Veja no quadro abaixo como se dá a paquera em outros países.

PAÍS QUEM TOMA A INICIATIVA SINAL DE INÍCIO DA PAQUERA O QUE É PERMITIDO O QUE É PROIBIDO
Argentina Ele(diretamente)Ela(discretamente) Olhar; sorrir discretamente; elogiar; galantear Beijar no rosto Tocar; beijar na boca
Austrália Ele e Ela Olhar; sorrir Tudo: tocar, beijar (rosto e boca), ... Ser insistente
Espanha Ele Olhar profundo, seguido de sorrisos constantes Dois beijos no rosto Fumar o mesmo cigarro; beber no mesmo copo
Estados Unidos Ele Olhar discretamente Conversar mantendo distância Beijar (mesmo no rosto); tocar a pretendente
França Ele(diretamente)Ela(discretamente) Olhar constante, mas de forma educada Dois beijos no rosto, em Paris; quatro beijos, no interior Tocar em braços, mãos e ombros
Itália Ele e Ela Olhar constante, tentando ser discreto Um beijo no rosto; pagar a conta (para impressionar a pretendente) Tocar; oferecer carona; contar vantagens; paparicar
Japão Ele Se aproximar; olhar; sorrir Pagar bebida; convidar para sentar na mesa; oferecer carona Tocar; beijar
Países Islâmicos Ele Ser convidado por ela para en- contro familiar Conversar; sair com um integran te da família dela Qualquer contato físico (até o noivado)




Fonte(s):
• Revista da Folha, 7 de julho de 2002, ano 11, n° 527, p.12-13.

www.portaldasexualidade.com.br

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos