-
Esta página já teve 134.609.348 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.672 acessos diários
home | entre em contato
 

Fertilização in vitro/Infertilidade/Reprodução

Reprodução Assistida- Técnicas

23/09/2005

 

COLPOSCOPIA

 Exame do colo do útero e paredes vaginais através do colposcópio, aparelho que permite visualizar imagens com detalhes e detectar lesões identificando precocemente doenças.

 

 

 

 

 

 

 

A grande evolução no tratamento da infertilidade do casal foi o surgimento das técnicas de Reprodução Assistida (RA).

Estas técnicas consistem na obtenção da gravidez por meio de tratamentos médicos. Não são técnicas novas, pois a inseminação surgiu no século XVIII, quando um médico, experimentalmente, colocou o sêmen de um homem impotente na vagina de sua mulher. A experiência deu certo.

O objetivo das técnicas de RA é colocar o espermatozóide o mais próximo possível do óvulo, às vezes até injetá-lo dentro do gameta feminino. Na inseminação, os espermatozóides são colocados no fundo do útero da mulher, que saem em “busca” dos óvulos para fertiliza-los. A inseminação é indicada quando o muco da mulher (secreção produzida no período da ovulação e que facilita a entrada dos espermatozóides no útero) não recebe bem os gametas masculinos (muco hostil), ou quando o homem tem uma alteração discreta na quantidade ou qualidade dos espermatozóides.

A fertilização in vitro ("bebê de proveta") é a retirada dos óvulos da mulher e sua colocação junto dos espermatozóides no laboratório (fertilização in vitro clássica). Pode-se também injetar o espermatozóide dentro do óvulo (injeção intracitoplasmática ou ICSI). Estas técnicas estão indicadas quando as trompas da mulher estão bloqueadas (por exemplo submeteu-se à laqueadura ) ou o homem tem uma quantidade pequena de espermatozóides.

Em todas as técnicas de RA, estimula-se a ovulação da mulher com hormônios para aumentar a chance de um resultado melhor. É importante lembrar que estas técnicas proporcionam ao casal a chance de gestação que eles teriam naturalmente: se procurassem a gravidez pelo método natural (relações sexuais), as chances de “sucesso” são de 30% por tentativa. Sabe-se que de cada 10 mulheres, 80% consegue a gestação após quatro tentativas.

 

www.instituto-h-ellis.com.br


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos