-
Esta página já teve 133.104.720 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.663 acessos diários
home | entre em contato
 

Tóxicos/Intoxicações

Contaminante encontrado no sangue pode afetar espermatozóides

17/10/2005


Uma substância química contaminante encontrada no sangue de um grupo de homens poderia ser a causa de determinadas alterações genéticas nos espermatozóides, segundo um estudo publicado hoje pela revista científica Human Reproduction.

O estudo, feito por pesquisadores de Itália, Dinamarca, Suécia, Polônia e Ucrânia, refere-se aos bifenilos políclorados (PCB), compostos químicos sintéticos empregados para dar resistência a materiais e substâncias industriais.

A equipe de cientistas analisou amostras de sangue e sêmen de 707 homens de diferentes procedências: 193 esquimós da Groenlândia, 178 pescadores suecos, 141 poloneses de Varsóvia e 195 ucranianos da cidade de Kharkiv.

Os suecos e os ucranianos apresentaram a maior quantidade de PCB, com um dano de 60% no DNA de seus espermatozóides.

Por sua vez, os poloneses tinham um nível muito sob da substância química, enquanto os esquimós levavam um nível alto embora o efeito na estrutura genética de suas células reprodutivas fosse relativamente baixo.

Segundo esses especialistas, os níveis de PCB achados no fluxo sanguíneo poderiam danificar a estrutura de DNA dos espermatozóides, mas não parece que esse efeito possa prejudicar a fertilidade masculina.

De acordo com o experimento, o nível médio de DNA danificado nos homens que participaram do estudo foi de 10%.

EFE - Yahoo



IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos