- Tratamentos preventivos para a crise de enxaqueca
Esta página já teve 132.451.278 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.706 acessos diários
home | entre em contato
 

Enxaqueca/Cefaléia/Dor de cabeça

Tratamentos preventivos para a crise de enxaqueca

18/10/2005

ANTICONVULSIVANTES

São os mesmos usados no tratamento da epilepsia. Estimulam a liberação de uma substância cerebral calmante. Os mais conhecidos são o Depakote e o Topamax.

ANTIDEPRESSIVOS
Aumentam a disponibilidade de serotonina no sistema nervoso central, a substância responsável pelas sensações de bem estar e prazer, que tem importante papel na supressão da dor. Os mais conhecidos são o Tofranil, Pamelor, Amytril, Tryptanol.

BETABLOQUEADORES
Usados no tratamento de hipertensão, eles neutralizam a ação da adrenalina, hormônio responsável por elevar os batimentos cardíacos e a pressão arterial. Aumentam a disponibilidade das substâncias supressoras da dor no sistema nervoso. Os mais famosos são o Inderal, Atenol e Corgard.

BLOQUEADORES DOS CANAIS DE CÁLCIO
Tradicionalmente receitados para pacientes cardíacos, passaram a ser usados no combate à enxaqueca por causa de sua ação bloqueadora da produção das prostaglandinas.

TOXINA BOTULÍNICA
Usado para suavizar rugas de expressão, o Botox pode prevenir a crise de enxaqueca segundo uma série de estudos que vem sendo feito, ao promover o relaxamento dos músculos da face. Porém, as conclusões sobre esse efeito ainda não são definitivas.

Fonte: Dr. Nilson Roberto de Melo

Presidente da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana

UOL


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos