Vitaminas e antioxidantes - Anticoagulantes orais e a Vitamina K
Esta página já teve 134.651.226 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.670 acessos diários
home | entre em contato
 

Vitaminas e antioxidantes

Anticoagulantes orais e a Vitamina K

30/11/2005

 

A vitamina k foi descoberta por Henrik Dam em 1972, como um fator coagulante.

Para se processar a coagulação sanguínea é necessário haver a transformação do fribrinogênio em fibrina, através da interferência de uma enzima: a trombina. Por sua vez, esta enzima se origina da protrombina através de vários fatores, sendo três deles dependentes da vitamina K.

Os anticoagulantes foram criados para gerarem uma deficiência parcial na forma ativa da viatmina K, reduzindo o risco de coagulações anormais. A varfarina é comumente prescrita durante 3 a 6 meses para tratar as condições de infarto agudo do miocárdio, trombose venosa profunda e embolismo pulmonar . É prescrita em longos períodos para tratar indivíduos com válvulas cardíacas artificiais, fibrilação atrial e outros.

Uma ingestão abundante ou pobre de vitamina k pode interagir com o anticoagulante de uso oral levando a não efetividade do medicamento (coagulação) ou hemorragias. Especialistas recomendam uma ingestão de vitamina k não maior que 250 a 500µg (microgramas) para pacientes que estão em tratamento com varfarina.

As formas naturais de vitamina k são as filoquinonas e as menaquinonas. As filoquinonas estão presentes nas plantas.

Os vegetais e as folhas verdes contêm o maior teor de filoquinona e contribuem com 40-50% da ingestão total.

As principais fontes são: brócolis, couve de Bruxelas, repolho roxo e verde, salsa, espinafre, agrião e couve.

Quanto as menaquinonas, estas são sintetizadas no intestino pelas bactérias, porém contribuem pouco nos requerimentos de vitamina k.

A avaliação constante dos níveis plasmáticos de INR (exame que avalia a efetividade da coagulação sangüínea) resulta em uma noção fidedigna da efetividade ou não do tratamento anticoagulante. No caso dos pacientes que tomam a medicação anticoagulante que contenha varfarina os alimentos fontes de vitamina K devem ser evitados, porém não proibidos.

Para um tratamento adequado procure sempre a avaliação do seu Médico e a orientação do seu Nutricionista.

Nutr. Camila Ragne Torreglosa
Nutricionista clínica do HCor.
E-mail para contato: nutri@hcor.com.br

 HCOR

 

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos