- Primeiro transplante de rosto
Esta página já teve 133.160.281 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.659 acessos diários
home | entre em contato
 

Cirurgia Plástica

Primeiro transplante de rosto

01/12/2005

 

Médicos franceses fazem primeiro transplante de rosto

Cirurgiões franceses realizaram o que disseram nesta quarta-feira ser o primeiro transplante parcial de rosto, dando novo nariz, queixo e lábios a uma mulher que teve a face desfigurada depois de ser atacada por cães.

Especialistas de dois hospitais fizeram a operação em uma mulher de 38 anos no domingo, na cidade de Amiens, norte da França.

"A paciente está em excelente estado e o transplante parece estar normal", disseram os hospitais em um comunicado.

"O transplante (rosto, queixo e lábios) foi tirado de um doador... com a concordância da família."

A mulher estava sem nariz e lábios desde que o cão a atacou, em maio último. Ela ficou impossibilitada de conversar ou mastigar.

A operação foi liderada por Jean-Michel Dubernard, especialista de um hospital de Lyon, e Bernard Devauchelle, de Amiens.

Stephen Wigmore, chefe do comitê de ética da Sociedade Britânica de Transplante, disse que equipes na França, nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha vêm desenvolvendo técnicas para tornar o transplante de face uma realidade.

"Esse foi o primeiro transplante facial da era moderna", disse Iain Hutchins, um cirurgião facial e chefe executivo da Saving Faces, uma entidade sem fins lucrativos de pesquisa sobre o assunto.

Hutchins disse que, apesar de todos os avanços médicos merecerem comemoração, o transplante facial levantou muitas questões morais e éticas.

"Essa é uma operação pela qualidade de vida, mais do que para salvar uma vida, e tem muitas implicações para o receptor e para a família do doador", disse ele.

Reuters


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos