-
Esta página já teve 133.108.934 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Clínica médica/Intensiva/Enfermagem

Agulhas são curtas demais para penetrar camadas de gordura...

02/12/2005

O excesso de gordura nas nádegas está prejudicando a eficácia de injeções aplicadas na região, segundo uma pesquisa feita na Irlanda.

 

Agulhas são curtas demais para penetrar camadas de gordura

Os estudiosos do Hospital Adelaide e Meath, em Dublin, constataram que muitos pacientes têm uma camada de gordura tão espessa revestindo os glúteos que as agulhas não conseguem chegar até o músculo.

Eles concluíram que as mulheres, especialmente as obesas, estão mais sujeitas a não receber a dose correta do medicamento por esse meio.

A equipe liderada pela pesquisadora-chefe Victoria Chan afirma que 68% das injeções que são aplicadas na região traseira não atingem o músculo.

“A camada de tecidos gordurosos sobre os músculos supera o comprimento das agulhas usadas normalmente para as injeções”, disse Chan. “Não há dúvidas de que a obesidade é a causa por trás disso.”

“Identificamos um novo problema relacionado, em parte, ao aumento da quantidade de gordura nas nádegas dos pacientes.”

Camada de gordura

Vários tipos de medicamentos são administrados por meio de injeções nos glúteos, incluindo analgésicos, vacinas, anticoncepcionais e drogas contra a náusea.

A região é privilegiada para este tipo de aplicação porque contém relativamente poucos vasos sangüíneos, nervos e ossos que poderiam ser danificados pela agulha.

Ao mesmo tempo, há uma boa quantidade de vasos sangüíneos microscópicos nos músculos interiores que facilitam a absorção do medicamento.

O uso de injeções, uma opção quando pacientes não podem tomar pílulas, têm crescido nos últimos dez anos, segundo especialistas.

Empresas que fabricam as agulhas partem do princípio de que as substâncias serão injetadas diretamente nos músculos.

BBC Brasil

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos