Urologia/Andrologia/Homem - Quando o PSA está elevado: como interpretar
Esta página já teve 115.950.831 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.693 acessos diários
home | entre em contato
 

Urologia/Andrologia/Homem

Quando o PSA está elevado: como interpretar

07/01/2006

 

 

 

 

 

 

 

O antígeno prostático específico (PSA), em conjunto com dados clínicos, é bastante utilizado no diagnóstico precoce do câncer de próstata e no seguimento da doença, após seu tratamento. Diversas condições, no entanto, podem contribuir para sua elevação transitória.
Não há um valor de referência para o PSA total que seja aplicável a todos os indivíduos. Na interpretação do resultado, é preciso considerar idade, história clínica, volume prostático e uso de medicação. Como regra geral, aceita-se como adequado um valor abaixo de 2,5 ng/mL para pacientes que não tenham sido submetidos a tratamento de câncer de próstata.

Causas de elevação transitória do PSA total

Condição

Efeito sobre o valor basal

Tempo para retornar ao nível basal

 

Ejaculação

 

Até 2 vezes

 

Até 48 horas

 

 

Retenção urinária aguda

 

De 5 a 7 vezes

 

6 semanas

 

 

Prostatite bacteriana aguda

 

De 5 a 7 vezes

 

6 semanas

 

 

Ciclismo e equitação

 

Até 2-3 vezes

 

2 semanas

 

 

Toque retal

 

~ 2 vezes

 

Até 48 horas

 

 

Massagem prostática

 

De 3 a 5 vezes

 

6 semanas

 

 

Biópsia prostática transretal

 

Até 10 vezes

 

6 semanas

 

 

Ressecção transuretral

 

Até 10 vezes

 

6 semanas

 

 

Prostatite assintomática ou infecção urinária

 

De 3 a 5 vezes

 

6 semanas

 

 

1. Valor do PSA total (ng/mL)

Resultado

Interpretação

 

Até 4

 

Baixo risco*

 

 

4-10

 

Risco de 25% a 35% de câncer de próstata

 

 

> 10

 

Risco de 42% a 64%
de câncer de próstata

 

 

(*) Cerca de 15% dos indivíduos com câncer de próstata podem ter, antes do tratamento, valores de PSA dentro da faixa de referência.

 

2. "Densidade" do PSA

 

Forma de cálculo:

 

 

 

Valor do PSA em ng/mL

Volume prostático em mL
medido por ultra-som transretal

 

 

 

Resultado

 

Interpretação

 

 

 

< 0,15

 

Não sugere câncer de próstata

 

 

 

 

> 0,15

 

Sugestivo de câncer de próstata

 

 

3. Porcentagem de PSA livre
(útil apenas quando o PSA total está entre 4 e 10 ng/mL)

O limite de corte de até 15% é recomendado por ter maior valor preditivo positivo. Porcentagens mais altas apresentam sensibilidade superior, porém menor especificidade.

 

 

Porcentagem de PSA livre

 

Parâmetro

15%

17%

19%

21%

 

Sensibilidade (%)

72

 

76

 

90

 

93

 

Especificidade (%)

83

 

67

 

50

 

50

 

Valor preditivo positivo (%)

91

 

85

 

81

 

81

 

Valor preditivo negativo (%)

56

 

53

 

67

 

75


4. PSA complexado

 

 

Ficha técnica

 A determinação da fração de PSA ligada especificamente à
alfa-1-antiquimiotripsina aparentemente não traz vantagens adicionais à determinação da porcentagem de PSA livre.

 

Antígeno prostático específico (PSA)

 

 

Local de produção: glândula prostática

 

 

Características: glicoproteína com atividade enzimática

 

 

Fração circulante:

 

 

 

~ 15% livre
~ 85% complexada com inibidores
de proteases

 

 

Técnica de determinação laboratorial: imunoensaio

 

 

Limite de detecção: 0,03 ng/mL (ultra-sensível)***

 

www.fleury.com.br

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~