- Bionanotecnologia
Esta página já teve 132.449.403 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.706 acessos diários
home | entre em contato
 

Biotecnologia/Tecnologia/Ciências

Bionanotecnologia

18/03/2006

 

     Uma das características centrais de nosso tempo é a velocidade em que vão se dando as profundas transformações na área das ciências da vida, em especial da moderna biotecnologia e mais recentemente no campo da bionanotecnologia. Esse ensaio busca discutir, sob o ponto de vista da segurança biológica, as possíveis implicações, para um futuro próximo das aplicações
previstas para a nanotecnologia no campo da medicina e do meio ambiente.

A nanotecnologia envolve a criação e manipulação de partículas na escala do nanômetro (bilionésima parte do metro). É tipicamente o tamanho de uma molécula pequena. Para que se
tenha uma idéia, os átomos têm dimensões de aproximadamente 0,1 a 0,4 nm. Já um vírus tem de 10 a 100 nm. Várias áreas interligadas estão no centro desta revolução:
Eletrônica Molecular, Química Supramolecular, Equipamentos Nanométricos, Sistemas Imunológicos Artificiais, Algoritmos Evolucionários, Computação Quântica, Pontos Quânticos em Semicondutores, entre outros.

A conjunção destas grandes áreas de conhecimento tem sido responsável, pelo sucesso teórico até agora alcançado pela bionanotecnologia. Alguns exemplos de aplicação:
Indústria automobilística e aeronáutica - Materiais mais leves, pneus mais duráveis, plásticos não inflamáveis e mais baratos, etc.
Indústria eletrônica e de comunicações - Armazenamento de dados, telas planas, aumento na velocidade de processamento, etc.
Indústria química e de materiais - Catalisadores mais eficientes, ferramentas de corte mais duras, fluidos magnéticos inteligentes, etc.
Indústria farmacêutica, biotecnológica e biomédica - Novos medicamentos baseados em nanoestruturas, kits de auto-diagnóstico, materiais para regeneração de ossos e tecidos, etc.
Setor de fabricação - Novos microscópios e instrumentos de medida, ferramentas para manipular a matéria a nível atômico, bioestruturas, etc.
Setor energético - Novos tipos de bateria, fotossíntese artificial, economia de energia ao utilizar materiais mais leves e circuitos menores, etc.
Meio-ambiente - Membranas seletivas, para remover contaminantes ou sal da água, novas possibilidades de reciclagem, etc.
Defesa - Detectores de agentes químicos e orgânicos, circuitos eletrônicos mais eficientes, sistemas de observação miniaturizados, tecidos mais leves, etc.

Quando se fala em nanotecnologia, não se podem deixar de lado alguns materiais que estão no cerne de quase todas as pesquisas nesta área. A seguir, alguns materiais e seus potenciais aplicações:

Silvio Valle (*)

http://www.radiobras.gov.br/ct/materia.phtml?tipo=AR&materia=182157


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos