Neurologia/Neurociências - O papel do sistema límbico cerebral
Esta página já teve 113.992.050 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.857 acessos diários
home | entre em contato
 

Neurologia/Neurociências

O papel do sistema límbico cerebral

03/04/2006

 

As pesquisas tem apontado o sistema límbico como o principal substrato das emoções. Ele é composto por um anel de estruturas corticais situadas nas faces medial, inferior e temporal do cérebro, envolvendo as estruturas do diencéfalo, do tronco encefálico e do lobo temporal.

Papez em 1937 propôs, a partir de experimentos por ele realizados, um circuito que compreende o giro do cíngulo, córtex entorrinal, hipocampo, corpo mamilar, tálamo anteroventral e giro do cíngulo. Este deveria desempenhar um papel crítico na elaboração das emoções, e não estava relacionado a olfação. Em 1949 Paul Maclean incorporou o hipotálamo ao sistema límbico, que atualmente é descrito como a área central de um conjunto de estruturas que vão do telencéfalo o mesencéfalo e atuam no controle das emoções, processos motivacionais, memória, aprendizagem, regulação do Sistema Nervoso Autônomo e interação neuroendócrina. A descrição funcional do sistema límbico passou então a ganhar espaço frente à anatômica.

Graças a Rudolph Nieuwenhuys em 1985 passou-se a dar mais ênfase a aspectos neuroquímicos, onde há, um conjunto de estruturas com altas concentrações de neuropeptídeos e, um sistema adjunto que contém noradrenalina, seretonina e dopamina. Acredita-se que as monoaminas exerçam regulação sobre o funcionamento emocional, já que suas fibras inervam quase todas as estruturas límbicas.

http://www.icb.ufmg.br/lpf/revista/revista1/volume1_loucura/cap2_1.htm


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos