Antienvelhecimento/Longevidade -
Esta página já teve 132.439.421 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.709 acessos diários
home | entre em contato
 

Antienvelhecimento/Longevidade

Uma casa segura para o envelhecimento saudável

26/04/2006

No início do século XX, apenas 25% dos brasileiros tinha idade superior a 60 anos, mas às portas do século XXI, 65% dos homens e 78% das mulheres ultrapassam este patamar, fazendo planos de longo prazo: mudando o conceito do que se entendia por velhice. A expectativa é de que em 2025 existirão 1,1 bilhão de pessoas com mais de 65 anos. Em duas décadas, o Brasil que é considerado um país jovem, deverá ter a sexta população de idosos do mundo – 17 milhões de pessoas, ou seja, um em cada 13 brasileiros será idoso em 2020

No meio médico é grande a preocupação com os problemas mais comuns de saúde decorrentes da idade e a osteoporose é um exemplo ilustrativo destes problemas, pois apresenta grande incidência nesta faixa etária com grande repercussão social e econômica. Estudos revelam que uma em cada quatro mulheres acima dos 65 anos tem fraturas relacionadas à esta doença.

O Brasil tem cerca de 13 milhões de pessoas com mais de 60 anos, que são responsáveis por um terço dos atendimentos de lesões traumáticas nos hospitais segundo o SUS – Sistema Único de Saúde. Aproximadamente 75% destas lesões acontecem nas próprias casas dos pacientes, em tombos que poderiam ser evitados num ambiente mais favorável, com um índice de melhoria da qualidade de vida bastante apreciável, já que 34% das quedas gera algum tipo de fratura, o trajeto quarto-banheiro principalmente à noite é considerado o de maior risco na moradia, pois se sabe que 46% das fraturas “domiciliares” são provenientes de acidentes ocorridos nesta situação.

http://www.sbgg.org.br/publico/artigos/queda.htm

A recuperação física nesta fase da vida é, obviamente, mais difícil do que na juventude. Durante a convalescença a pessoa fica sujeita a desenvolver doenças pulmonares e problemas nas articulações entre outros, provocados pela falta de exercício regular

O modelo da Casa Segura, interessa diretamente a 8% da população brasileira, com idade superior a 65 anos e indiretamente a todos aqueles envolvidos de alguma forma com esta parcela de idosos, mas é indicada para qualquer faixa etária.

 

http://www.casasegura.arq.br/3_idade.php


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos