- Oxicloreto de cobre
Esta página já teve 133.109.129 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Tóxicos/Intoxicações

Oxicloreto de cobre

10/05/2006

Informações Médicas de Urgência nas Intoxicações por Produtos Agrotóxicos

Composto

Sais de Cobre (oxicloreto de cobre e outros)

Usos Fungicidas.
Vias de absorção Oral e respiratória.
Aspectos toxicológicos Lesão capilar, lesão renal, gastroenterite hemorrágia, excitação do S.N.C.. A ação emética favorece sua eliminação. Pneumonite química.
Sintomas e Sinas Clínicos Irritação da pele e mucosas (lesões necróticas em contatos prolongados). Náuseas, vômitos, diarréias. Hipertermias, convulsões, icterícia, hepatomegalia, oligúria, anúria. No caso de ingestão, se não houver vômito, há absorção progressiva e envenenamento sistêmico, podendo ocorrer a morte em poucos dias.
Diagnóstico Laboratorial Dosagem do cobre sério (normal 1mg/l). Níveis acima de 5 mg/l são considerados muito tóxicos.
Tratamentos Hemodiálise ou diálise peritoneal nos casos graves.
Quelação (penicilinamina) nos casos agudos e crônicos.
Tratamento de outras ocorrências conforme surgirem.
 
http://www.redegoverno.gov.br/defaultCab.asp?idservinfo=1961&url=http://www.anvisa.gov.br/toxicologia/informed/informed.htm


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos