gastronomia - Para se fazer um bom churrasco
Esta página já teve 132.557.862 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.699 acessos diários
home | entre em contato
 

gastronomia

Para se fazer um bom churrasco

07/10/2006

Como fazer um bom churrasco


Para um bom churrasco é necessário a qualidade da carne, a quantidade de sal e o ponto de assar.

Primeiramente a carne tem que ser de tom vermelho brilhante, macia e de boa procedência. O melhor e mais conhecido do churrasco é o sal. Cada parte do boi tem seu determinado
sabor, a salmoura não deve ser utilizada, pois a água muda o pH da carne e, juntamente com o sal fino, causa o enrijecimento das fibras endurecendo a carne. Tem vários outros temperos para variar o sabor do bom e velho churrasco como marinadas e pincelar a carne enquanto assa.

O ponto da carne depende do gosto dos convidados que definisse: ao ponto propriamente dito ao ponto para malpassado e ao ponto para bem-passado.

Há três tipos de carne no geral: a fresca resfriada, a maturada e a congelada. A carne fresca resfriada são as de frigorífico, quem foram desossadas, processada e distribuída. Para a carne maturada tornar-se macia basta embalá-la a vácuo após o processamento do frigorífico e permanece-la em câmara frigorífica à temperatura de 4ºC positivos durantes quinze dias, esse período no frio rompe as fibras dos músculos
tornando a carne mais macia.

Para descongelar, coloque a carne na geladeira por 24 horas em região fria e 12 horas em região quente.
Retire a carne da geladeira e deixe-a atingir a temperatura ambiente durante 3 horas, mantendo-a coberta.


Portal dos Restaurantes

http://www.portaldosrestaurantes.com.br/osartigos.php?codcat1=18


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos