Oftalmologia/Olhos -
Esta página já teve 134.590.886 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.668 acessos diários
home | entre em contato
 

Oftalmologia/Olhos

Transplante de glândulas salivares labiais no tratamento do olho seco grave

05/02/2007
Arquivos Brasileiros de Oftalmologia
Print ISSN 0004-2749

 


Arq. Bras. Oftalmol. vol.68 no.4  São Paulo July/Aug. 2005

ARTIGO ORIGINAL

 

 

 

Transplantation of labial salivary glands for severe dry eye treatment

Eduardo Jorge Carneiro SoaresI; Valênio Perez FrançaII

IDoutor em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Belo Horizonte (MG). Professor Livre Docente do Departamento de Oftalmologia da Faculdade de Medicina da UFMG. Belo Horizonte (MG). Chefe da Clínica Oftalmológica do Hospital Mater-Dei. Belo Horizonte (MG)
IIDoutor em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Belo Horizonte (MG). Professor Assistente Voluntário do Departamento de Oftalmologia da Faculdade de Medicina da UFMG. Belo Horizonte (MG). Sub-Coordenador da Clínica Oftalmológica do Hospital Mater-Dei. Belo Horizonte (MG)

Endereço para correspondência

 


RESUMO

OBJETIVO: Estudar os efeitos clínicos da secreção das glândulas labiais como alternativa de lubrificação ocular para alívio do olho seco, avaliar a durabilidade dos resultados e simplificar a técnica.
MÉTODOS: Estudo prospectivo de 37 cirurgias de enxerto glândulo-mucoso, composto pela mucosa labial e glândulas salivares subjacentes, colocado no fórnice conjuntival de 21 pacientes. Todas as cirurgias foram realizadas em olhos com grave xeroftalmia, sendo a técnica do procedimento descrita em todos os detalhes. Os parâmetros que serviram para a análise comparativa dos resultados foram o quadro clínico, o brilho ocular, o quadro biomicroscópico, a visão e o uso de colírios lubrificantes.
RESULTADOS: A integração do enxerto ocorreu em 97,2% das cirurgias que foram realizadas durante o período de julho/2000 a janeiro/2004. Foi observado que em 91,9 % dos casos houve melhora dos parâmetros avaliados e a evolução (acompanhamento médio de 19,7 meses) mostrou persistência e estabilidade dos resultados. As complicações observadas foram: um olho com infecção hospitalar e três pálpebras com ptose.
CONCLUSÃO: A melhora clínica do olho seco grave observada após o enxerto das glândulas salivares labiais foi estatisticamente significativa. A lubrificação da superfície ocular produzida pela secreção salivar mostrou ser eficiente, bem tolerada e constante. O transplante das glândulas salivares labiais para o fórnice conjuntival demonstrou ser procedimento de fácil execução, acessível a qualquer cirurgião oftalmologista.

Descritores: Glândulas salivares/transplante; Conjuntiva/cirurgia; Ceratoconjuntivite seca/cirurgia; Lubrificação; Lágrimas; Aparelho lacrimal/cirurgia; Transplante autólogo


ABSTRACT

PURPOSE: To study the clinical effects of the secretion of transplanted labial glands used as ocular lubricant to treat severe dry-eye cases, to evaluate the duration of the results and to simplify the surgical technique.
METHODS: Thirty-seven surgeries were performed in twenty-one patients during the period of July 2000 to January 2004. The graft, consisting of labial mucosa and underlying salivary glands, was transplanted to the previously prepared area in the conjunctival fornix. All procedures were recommended in severe dry-eye cases, that is, eyes with total or nearly total xerophthalmia. The preoperative and postoperative protocols are presented emphasizing the items which were used in the comparative analysis of the results as well as the technical description of the surgical procedure.
RESULTS: The graft survival and integration into the host tissues were observed in 97.2% of the cases. The clinical improvement, demonstrated by the disappearance of the symptoms, better biomicroscopic aspect of the ocular surface, better vision and disuse of lubricant drops, was observed in 91.9% of the cases. The follow-up showed not only persistence but also stability of the results. Infection represented one case and ptosis represented three cases of the only four observed complications.
CONCLUSION: The improvement of severe dry-eye cases detected after the transplantation of labial salivary glands is significant. It demonstrates that the lubricant ocular surface produced by the salivary secretion is efficient and well-tolerated. The follow-up shows that the result persists in the long term from which it is concluded that the production of the secretion is permanent. The surgical technique of transplanting the labial salivary gland to the conjunctival fornix is very simple and easily accessible to any ophthalmic surgeon.

Keywords: Salivary glands/transplantation; Conjunctiva/surgery; Keratoconjunctivitis Sicca/surgery; Lubrification; Tears; Lacrimal apparatus/surgery; Transplantation, Autologous

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492005000400012


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos