Oftalmologia/Olhos -
Esta página já teve 132.536.885 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.699 acessos diários
home | entre em contato
 

Oftalmologia/Olhos

Neuropatia óptica isquêmica anterior: estudo comparativo da área do disco óptico de pacientes com as formas arterítica e não-arterítica da doença e de

26/03/2007

Arquivos Brasileiros de Oftalmologia

 

Resumo

MONTEIRO, Mário Luiz Ribeiro. Arq. Bras. Oftalmol., nov./dez. 2006, vol.69, no.6, p.805-810. ISSN 0004-2749.

OBJETIVO: Calcular a área do disco óptico de pacientes com neuropatia óptica isquêmica anterior não arterítica (NOIA-NA) e com neuropatia óptica isquêmica anterior por arterite temporal (NOIA-A) comparando os resultados entre si e com o grupos controle para verificar a existência e a magnitude de fatores anatômicos predisponentes ao desenvolvimento da neuropatia óptica isquêmica anterior. MÉTODOS: Estudo prospectivo, caso-controle das áreas dos discos ópticos de 24 pacientes acometidos por NOIA-NA, 13 com NOIA-A e 24 indivíduos controles normais. As medidas da área do disco óptico foram realizadas a partir de retinografias projetadas, sendo as medidas corrigidas levando em conta o erro refracional e a ceratometria de acordo com o método de Littmann em cada um dos grupos estudados. Os resultados foram comparados usando-se análise de variância. RESULTADOS: Os valores médios e desvios-padrão para as áreas do disco óptico dos olhos com NOIA-NA, NOIA-A e normais foram respectivamente de 1,99 ± 0,35 mm2; 2,29 ± 0,39 mm2 e 2,49 ± 0,53 mm2. A análise estatística revelou diferença significativa entre o grupo de olhos de pacientes com NOIA-NA e os controles normais. Não houve diferença significativa entre os olhos com NOIA-A e os controles. CONCLUSÕES: A forma não arterítica da NOIA ocorre em olhos com discos ópticos pequenos, ao passo que a forma arterítica da doença não mostra esta preferência. Fatores anatômicos estruturais do disco óptico têm um papel importante na fisiopatogenia da NOIA-NA. A ocorrência de NOIA em disco óptico de grandes dimensões deve reforçar a suspeita de arterite temporal. Discos ópticos pequenos, por outro lado não permitem excluir aquela vasculite.

Palavras-chave : Neuropatia óptica isquêmica; Disco óptico; Doenças do nervo óptico; Arterite temporal.

        · resumo em inglês     · texto em inglês     · pdf em inglês

 

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0004-27492006000600005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos