Ginecologia/Mulher -
Esta página já teve 132.512.035 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.699 acessos diários
home | entre em contato
 

Ginecologia/Mulher

Menopausa, estrogênios e disfunção endotelial: aspectos atuais.

18/04/2007

Clinics

 

Resumo

MATURANA, Maria Augusta, IRIGOYEN, Maria Claudia e SPRITZER, Poli Mara. Clinics, fev. 2007, vol.62, no.1, p.77-86. ISSN 1807-5932.

A menopausa é definida como a cessação permanente das menstruações. A doença cardiovascular é a principal causa de mortalidade em mulheres na pós- menopausa, em países desenvolvidos. A disparidade entre a incidência de doença cardiovascular entre mulheres na pré e pós menopausa tem sido atribuída a ações do estrogênio endógeno sobre o sistema cardiovascular e, em especial, sobre a função do endotélio vascular. O endotélio tem importante papel na homestase cardiovascular, seja no controle do tônus e permeabilidade vascular, ou da coagulação e resposta inflamatória. A disfunção endotelial está implicada na gênese da aterosclerose e de outras doenças crônicas, como diabete melito e hipertensão arterial. O uso farmacológico de estrogênio exerce influência sobre concentrações circulantes de marcadores do tônus vascular, inflamatórios, pró-trombóticos e fibrinolíticos, porém o impacto destas alterações sobre a doença aterosclerótica ainda não está determinado.

Palavras-chave : Menopausa; Função endotelial; Doença cardiovascular; Estrogênio; Terapia hormonal.

        · resumo em inglês     · texto em inglês     · pdf em inglês

 

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1807-59322007000100012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos