Oftalmologia/Olhos - Olho: estrutura e funcionamento
Esta página já teve 132.434.823 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.708 acessos diários
home | entre em contato
 

Oftalmologia/Olhos

Olho: estrutura e funcionamento

26/06/2007

COMO É SUA ESTRUTURA

 

Uma comparação didática do olho é com um ovo.

·        A esclera seria a casca do ovo.

·        A retina seria a fina membrana que recobre o interior da casca do ovo.

·        O vítreo seria a clara do ovo, que preenche o espaço interno.

 

 

Estrutura do olho

 

CÓRNEA

 

   É uma estrutura transparente anterior do olho. Esta estrutura é possível de ser trocada em um transplante de córnea, nas doenças que afetam severamente a córnea.

 

O CRISTALINO

 

   O cristalino é a lente do olho, que se localiza logo atrás da pupila. A opacidade desta lente chama-se catarata. A cirurgia de catarata consiste na remoção do cristalino e no implante de uma lente intra-ocular no seu lugar.

 

A ESCLERA

 

   A parte branca do olho, parede externa,  é chamada de esclera.

 

 

A PUPILA

 

   A pupila na verdade é um buraco central na íris, a parte colorida do olho. Através deste buraco o médico consegue observar o olho por dentro. A dilatação da pupila aumenta este buraco e propicia melhor exame das estruturas do fundo de olho: vítreo, nervo óptico, retina e coróide.

 

   O exame destas estruturas chama-se mapeamento de retina e os exames fotográficos destas estruturas chamam-se retinografia e retinografia fluorescente (ou angiofluoresceínografia).

 

A RETINA

 

   Numa comparação com uma máquina fotográfica, nossa retina seria o filma fotográfico. As células fotorreceptoras da retina são responsáveis por transformar a luz em impulso elétrico, que será enviado ao cérebro através do nervo óptico.

 

  Existem dois tipos de células fotorreceptoras na retina: os cones e os bastonetes. Os cones são responsáveis pela visão no claro, visão de cores, de detalhes e estão localizados na mácula, área central da retina. Os bastonetes precisam de pouca luz para funcionar e, por estarem localizados na área mais periférica da retina, são responsáveis pelo campo de visão periférico.

 

  O funcionamento das células fotorreceptoras depende muito do funcionamento das células do epitélio pigmentário da retina.

 

  Os vasos sangüíneos trazem oxigênio e nutrição para a retina.

 

O VÍTREO

 

   O vítreo é  parecido com  a clara de um ovo; é transparente e preenche a cavidade do globo ocular. O vítreo fica aderido à retina.

 

A CORÓIDE

 

   É uma camada que fica entre a retina  e a esclera. É composta por uma rede de vasos sangüíneos, diferentes dos vasos da retina.

 

Fonte:

https://host4.hostseguro.com/~retinasp/retinasp/olho/estrutura.asp

 

 

 

IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos