-
Esta página já teve 134.651.550 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.670 acessos diários
home | entre em contato
 

Gastroenterologia/Proctologia/Fígado

Modo de ação dos aminossalicilatos na doença intestinal inflamatória.

20/07/2007

 

A sulfassalazina e outras drogas contendo o ácido 5-aminossalicílico (5-ASA) são usadas no tratamento da doença intestinal inflamatória aguda e na manutenção da remissão clínica. Apesar de seu uso há mais de 50 anos, o mecanismo de ação desta classe de drogas ainda é desconhecido, embora várias possibilidades sejam discutidas nesta revisão. É provável que os aminossalicilatos sejam importantes eliminadores de radicais livres, possam reduzir a produção de leucotrienos e inibir a liberação celular de interleucina-1, que são provavelmente importantes na redução da resposta inflamatória aguda na doença intestinal inflamatória. Os efeitos dessas drogas na produção de prostaglandinas são muito controversos, mas parece que concentrações de 10(-5) a 10(-4) M estimulam a produção de prostaglandinas, que podem ser citoprotetoras, ao passo que doses mais altas dessas drogas inibem a produção de prostaglandinas. Os aminossalicilatos podem manter a remissão na doença intestinal inflamatória por meio da prevenção do recrutamento de leucócitos para a parede do intestino. As drogas inibem a resposta quimiotática ao leucotrieno B4, reduzem a síntese do fator de ativação plaquetária e também inibem o aumento da expressão de moléculas de adesão nos leucócitos.
 

PMID: 8105984 [PubMed - indexado no MEDLINE]

 

Fonte:

http://www.dii.com.br/medico/montatela.asp?t=biblioteca&menu=9&ex=1&submenu=1&id=19

 

 

IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos