Diabete/Diabetes -
Esta página já teve 135.258.413 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Diabete/Diabetes

Avaliação oftalmológica tardia em portadores de retinopatia diabética

02/08/2007

Revista da Associação Médica Brasileira

 

Rev. Assoc. Med. Bras. vol.53 no.1 São Paulo Jan./Feb. 2007

ARTIGO ORIGINAL

 

 

Delay in ophthalmologic examination of diabetic retinopathy patients

 

 

Otacílio de Oliveira Maia Júnior*; Roberta Ferrari Marback; Maria Teresa Brizzi Bonanomi; Walter Yukihiko Takahashi; Newton Kara-José

 

 


RESUMO

OBJETIVO: Analisar o retardo na avaliação oftalmológica em portadores de retinopatia diabética avançada e sem queixas visuais.
MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal analítico com 44 portadores assintomáticos de retinopatia diabética. Todos os pacientes tiveram indicação de tratamento com laser em pelo menos um dos olhos. A duração e tipo da doença, bem como o tempo para a primeira avaliação oftalmológica foram determinados.
RESULTADOS: Dos 44 pacientes, 6 (13,7%) eram portadores de diabetes mellitus tipo 1 e 38 (86,3%) do tipo 2. Retinopatia diabética proliferativa estava presente em 24 (54,5%) e retinopatia diabética não proliferativa grave ou muito grave em 20 (45,5%). A acuidade visual, com melhor correção, pré-tratamento, variou de 0,5 a 1,0 (média de 0,83 ± 0,17) na tabela de Snellen. O tempo de intervalo entre o diagnóstico de diabetes e a primeira avaliação oftalmológica variou de 7 a 19,5 anos (13,3 ± 5,1 anos) para os diabéticos tipo 1 e de 3 meses a 18 anos (5,2 ± 4,81 anos) para os tipo 2.
CONCLUSÃO: Retinopatia diabética avançada pode estar presente em diferentes momentos na avaliação oftalmológica para ambos os tipos de diabetes. No presente estudo, embora a média de intervalo entre o diagnóstico de diabetes e a primeira avaliação seja de 13 anos para os diabéticos tipo 1 e de 5 anos para os tipo 2, a retinopatia avançada foi observada em até 3 meses após diagnóstico de diabetes. Este fato demonstra a necessidade de avaliação oftálmica mais precoce nesta doença. Dessa forma, conclui-se que a RD deve ter uma abordagem multidisciplinar, no intuito de que o diagnóstico da RD seja feito, em suas fases iniciais, antes que lesões comprometedoras da visão já tenham ocorrido.

Unitermos: Retinopatia diabética/terapia. Angiopatias diabéticas. Diabetes mellitus/complicações. Retinopatia diabética/prevenção e controle. Retinopatia diabética/diagnóstico. Saúde Pública.


SUMMARY

OBJECTIVE: To assess the delay in the ophthalmic examination of patients affected with severe diabetic retinopathy but no visual complaint.
METHODS: A transversal analytical study was conducted of 44 visually asymptomatic diabetic patients. All were eligible to retinal panphotocoagulation in at least one eye. Duration and type of the disease as well as time of the first ophthalmic examination were established.
RESULTS: Of the 44 patients, 6 (13.7%) had diabetes type 1 and 38 (86.3%) had diabetes type 2. Proliferative diabetic retinopathy was present in 24 (54.5%) and severe or very severe non proliferative retinopathy was present in 20 (45.5%). Best visual acuity ranged from 0.5 to 1.0 (mean 0.83 ± 0.17) according to the Snellen chart. The time interval between diagnosis of diabetes and the first ophthalmic examination ranged from 7 to 19.5 years (13.2 ± 5.12) for diabetes type 1 and from 3 months to 18 years (5.2± 4.81) for diabetes type 2.
CONCLUSION: Advanced diabetic retinopathy may be detected at different times of the ophthalmic examination in both types of diabetes. Although the mean interval between the diagnosis and the first examination is 13 years for diabetes type 1 and 5 years for diabetes type 2, this severe kind of retinopathy occurred as early as three months after diagnosis of diabetes. This points to the need for an earlier ophthalmic examination in the case of this disease.

Key words: Diabetic retinopathy/therapy. Diabetic angiopathies. Diabetes mellitus/complications. Diabetic retinopathy/prevention & control. Diabetic retinopathy/diagnosis. Public Health.

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-42302007000100017&lng=en&nrm=iso

 

 

IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos