-
Esta página já teve 132.507.989 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.703 acessos diários
home | entre em contato
 

Endocrinologia/Glândulas

Genética molecular do carcinoma papilífero de tireóide: grandes esperanças

25/09/2007
rquivos Brasileiros de Endocrinologia& Metabologia

 

Resumo

TROVISCO, Vítor, SOARES, Paula, PRETO, Ana et al. . Arq Bras Endocrinol Metab, jul. 2007, vol.51, no.5, p.643-653. ISSN 0004-2730.

O carcinoma papilífero de tireóide (CPT) é o tipo mais prevalente de câncer endócrino e, em pesquisas epidemiológicas recentes, um dos tipos de câncer humano cuja incidência vêm crescendo. A despeito do prognóstico favorável e da longa taxa de sobrevivência da maioria dos pacientes, alguns tumores mostram um comportamento agressivo e podem progredir para o altamente agressivo e letal carcinoma anaplásico de tireóide. Recentemente, vários progressos foram feitos quanto à caracterização molecular do CPT, em general, e às alterações genéticas subjacentes à diversidade histológica desse tipo de câncer, em particular, particularmente com respeito às alterações dos DNAs nuclear e mitocondrial. Nesta revisão, nós sumarizamos os achados mais recentes da caracterização genética do CPT, dando ênfase particular às associações genótipo-fenótipo, às implicações prognósticas e ao valor diagnóstico e terapêutico dos marcadores genéticos recentemente identificados.

Palavras-chave : Tireóide; Carcinoma papilífero de tireóide; Oncogenes.

        · resumo em inglês     · texto em inglês     · pdf em inglês

 

 

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0004-27302007000500002&lng=pt&nrm=iso

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos