Geriatria/Gerontologia/Idoso -
Esta página já teve 133.162.568 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.660 acessos diários
home | entre em contato
 

Geriatria/Gerontologia/Idoso

Correlação entre fratura por queda em idosos e uso prévio de medicamentos

20/10/2007

Acta Ortopédica Brasileira

 

Resumo

HAMRA, Alberto, RIBEIRO, Marcelo Barbosa e MIGUEL, Omar Ferreira. . Acta ortop. bras., 2007, vol.15, no.3, p.143-145. ISSN 1413-7852.

O uso de medicamentos por idosos é freqüente e tem crescido a cada dia em virtude do aumento da expectativa de vida no Brasil. Algumas destas drogas quando administradas, podem provocar efeitos colaterais como tontura e diminuição dos reflexos podendo ocasionar quedas e conseqüentes fraturas. Este trabalho verificou se o uso de medicamentos pode ser considerado como fator de risco para fratura por queda no idoso. Para isso fez-se um estudo no ano de 2004 com 205 pacientes a partir de 60 anos de idade internados com fratura por queda e comparou-se estatisticamente com grupo-controle de 205 pacientes do mesmo grupo etário sem fratura. Verificou-se que o uso de medicamentos pode ser considerado como fator de risco para fratura por queda. Os resultados também podem servir como orientação para equipe médica, pacientes e seus familiares, no sentido de se tentar evitar quedas, principalmente quando o uso de medicamentos é necessário.

Palavras-chave : Medicamentos; Fraturas ósseas; Idoso.

        · resumo em inglês     · texto em português | inglês     · pdf em português | inglês

 

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1413-78522007000300004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos