Vitaminas e antioxidantes -
Esta página já teve 134.651.376 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.670 acessos diários
home | entre em contato
 

Vitaminas e antioxidantes

A análise dos extratos das raízes de L. montanus A.M.G. Azevedo resultou no isolamento de vinte e três compostos principalmente flavonóides

24/10/2007

Anais da Academia Brasileira de Ciências

 

Resumo

MAGALHAES, Aderbal F., TOZZI, Ana Maria G.A., MAGALHAES, Eva G. et al. Flavonoids of Lonchocarpus montanus A.M.G. Azevedo and biological activity. An. Acad. Bras. Ciênc., set. 2007, vol.79, no.3, p.351-367. ISSN 0001-3765.

A análise dos extratos das raízes de L. montanus A.M.G. Azevedo resultou no isolamento de vinte e três compostos principalmente flavonóides dos quais cinco são descritos pela primeira vez. As estruturas moleculares dos novos compostos (1-5) foram propostas através da análise dos espectros de UV, IV, EM e RMN como sendo: 2'-hidroxi-8-(a, a-dimetilalil)-2", 2"-dimetilpirano-(5", 6":3',4')-dibenzoilmetano (1), 2'-metoxi-8-(a,a-dimetilalil)-2", 2"-dimetilpirano-(5", 6":3',4')-dibenzoilmetano (2), 4'-metoxi-2", 2"-dimetilpirano-(5", 6":8,7)-flavona (3), 2"-(1-hidroxi-1-metiletil)-furano-(4", 5":8,7)-flavona (4) e [2'-metoxi-furano(4", 5":3',4')-fenil]-fenilmetanona (5). Adicionalmente quinze ácidos graxos foram detectados através da análise de CG-EM dos ésteres metílicos correspondentes [(CH3)2CH(CH2)8COOH e CH3(CH2)nCOOH (n = 6, 12-24)]. A análise quantitativa por CLAE mostrou que os flavonóides mais abundantes nos extratos éter de petróleo e diclorometânico foram pongamol (19%) e lanceolatina B (8.0%), respectivamente. Nos ensaios de bioautografia, os extratos, pongamol (9), laceolatina B (10), isolonchocarpina (14), derriobtusona A (17) e medicarpina (18) foram ativos contra Staphilococcus aureus enquanto 9, também contra Bacillus subtilis e Cladosporium cladosporióides. O composto 1, 2", 2"-dimetilpirano-(5", 6":8,7)-flavona (11) e furano-(2", 3":7,8)-4'-metoxiflavona (12) foram ativos contra Fusarium oxysporium, enquanto 11, também contra Rhizopus oryzae. Os extratos assim como os compostos 9, 10, 17 e (E)-7-O-metoxipongamol (23) apresentaram alta toxicidade no ensaio de letalidade com Artemia salina.

Palavras-chave : Lonchocarpus montanus A.M.G. Azevedo; Leguminosae; dibenzoilmetano; flavonoides; flavonas; benzofenona; bioautografia; letalidade com Artemia salina.

        · resumo em inglês     · texto em inglês     · pdf em inglês

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos