-
Esta página já teve 132.451.323 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.706 acessos diários
home | entre em contato
 

Enxaqueca/Cefaléia/Dor de cabeça

Comparação de dipirona intravenosa com metoclopramida intravenosa no tratamento de crise aguda de enxaqueca: ensaio clínico randomizado

28/11/2007

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

 

Resumo

FERNANDES FILHO, Sérgio Murilo Maciel, COSTA, Márcio Santos, FERNANDES, Mariana Torres et al. . Arq. Neuro-Psiquiatr., dez. 2006, vol.64, no.4, p.1005-1008. ISSN 0004-282X.

INTRODUÇÃO: A enxaqueca é uma das doenças mais comuns da prática clínica.  OBJETIVO: Comparar o efeito analgésico da dipirona com a metoclopramida no alívio da dor. MÉTODO: Conduzimos um estudo piloto randomizado comparando dipirona intravenosa com metoclopramida intravenosa em 27 pacientes apresentando crise de enxaqueca. O objetivo primário foi comparar a redução da intensidade da dor até 2 horas, assim como efeitos colaterais. RESULTADOS: Os grupos tinham faixas etárias semelhantes, mas diferença entre os sexos. Nos homens a metoclopramida reduziu a dor em 80,0% contra 55,0% da dipirona (p=0,052). Já nas mulheres houve uma redução de 65,0% com a metoclopramida e 71,2% com a dipirona (p=0,748). Esses resultados podem ter sido influenciados pelo reduzido número de pacientes no estudo. Não foram encontrados efeitos colaterais significativos. CONCLUSÃO: Não houve diferença quanto à redução da dor nem quanto ao surgimento de efeitos colaterais quando comparados dipirona com metoclopramida.

Palavras-chave : dipirona; metoclopramida; enxaqueca.

        · resumo em inglês     · texto em português     · pdf em português

 

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0004-282X2006000600023&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos